Rodrigo veta aumento para próximos prefeito e vice de Niterói

Na última live de sua gestão, transmitida do Gabinete de Crise nesta quinta-feira (31), o prefeito de Niterói Rodrigo Neves (PDT) vetou o artigo da lei aprovada Câmara de Vereadores nesta quarta (30) que concedia aumento de 10% nos salários do prefeito e do vice-prefeito.

Os vereadores aprovaram aumento também para os secretários e este reajuste foi mantido.

“Em comum acordo com o prefeito eleito Axel Grael e o vice-prefeito eleito Paulo Bagueira resolvemos vetar o artigo. Esse aumento, pela nossa análise, tem um efeito simbólico, que pode não mandar uma mensagem positiva para a população e criar um ambiente de desconfiança em relação à atual e próxima gestões”, die Rodrigo.

Rodrigo afirmou que os salários do prefeito e do vice estão congelados dede 2013, quando assumiu para o primeiro mandato.

“O impacto desse reajusta era inexpressivo para a contas públicas: R$ 65 mil por ano. Deixo R$ 700 milhões em caixa e estamos com os salários e o décimo terceiro em dia. Mas resolvemos vetar porque aqueles que propagam fake news já estavam atuando”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × um =