Rodrigo Pacheco é eleito presidente do Senado

Por 57 votos a 21, o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) venceu, nesta segunda-feira (1º), a eleição para presidente, numa disputa com Simone Tebet (MDB-MS). Pacheco é o 68º presidente do Senado Federal. Ele foi apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Pacheco é advogado e está no primeiro mandato como senador. Antes, já foi deputado federal por quatro anos. Por ser novato, a articulação costurada com governistas e oposicionistas por seu antecessor, Davi Alcolumbre (DEM-AP), foi fundamental.

Ao discursar antes da votação, o novo presidente garantiu que sua gestão será independente em relação aos outros poderes e que não haverá “nenhum tipo de pressão externa”. “Governabilidade não significa ser subserviente ao governo”. Pacheco também assumiu um compromisso pela defesa intransigente do Estado Democrático de Direito.

Pacheco declarou ainda que sua aliança com diferentes correntes ideológicas pode ser interpretado como uma oportunidade de pacificação das relações políticas.

“Vamos fazer disso uma grande oportunidade, uma grande oportunidade singular de pacificação das nossas relações políticas e institucionais porque é isso que a sociedade brasileira espera de nós”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + quatro =