Rodrigo Neves e Carlos Jordy trocam farpas pelas redes sociais

Uma publicação nas redes sociais feita pelo deputado federal Carlos Jordy (PSL) acabou se desenrolando em uma acalorada discussão entre ele e o ex-prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT), na tarde deste sábado (10). Tudo começou quando Neves rebateu algumas críticas feitas por Jordy compartilhando sua publicação e, em seguida, o deputado fez uma transmissão ao vivo para rebater as colocações do ex-prefeito.

Na postagem original que serviu de estopim para o debate, Jordy criticava o combate a pandemia em Niterói no que se refere a questão da vacinação da população, um posicionamento muito similar com uma de suas falas nesta última semana no plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília.

“Niterói já recebeu 163.565 doses de vacina desde 18 de janeiro. Foram aplicadas 50.036 na população niteroiense, apenas 30,6% do total de vacinas entregues. Qual motivo para tanta demora? Estou requerendo ao Ministro da Defesa para que as Forças Armadas possam agilizar esse processo” postou o parlamentar.

Neves, ao ler a postagem, a compartilhou com diversas ponderações e refutando a colocação do deputado. Na sua postagem, o ex-prefeito afirma que Jordy “sabe muito bem” que Niterói já vacinou mais de 100 mil niteroienses, o que equivale a cerca de 20% da população da cidade. Isso, ainda segundo Neves, representa o dobro da porcentagem do Estado e do país devido a rede de atenção básica da cidade que é “a melhor cobertura da região metropolitana”.

Em outro comentário, Rodrigo Neves aproveitou para fazer críticas a Carlos Jordy apontando contradições no comportamento do parlamentar em relação ao combate da pandemia. “Após provocar aglomerações de alguns idosos em Icaraí – bairro de Niterói com mais óbitos pelo Coronavírus – desde o início da Pandemia, negligenciar o uso de máscaras, espalhar fake news com mentira sobre arrendamento do Hospital Oceânico, atacar a vacina do Butantã, votar pela redução do valor do auxílio emergencial para os mais pobres e ficar recebendo verba de gabinete de mais de R$ 111 mil reais/mês enquanto pequenos e médios empresários aguardam medidas de apoio – feitas em todo mundo – para atravessar a Pandemia, agora mente mais uma vez”, disparou o ex-prefeito alegando que Jordy falava para suas “milícias digitais”.

Após as publicações de Rodrigo Neves, Carlos Jordy fez uma live em suas redes sociais para rebater os comentários do ex-prefeito aos quais qualificou como ataques vindos de alguém que “está em Portugal, pois é investigado por corrupção pela Justiça brasileira”.

“Eu nunca votei contra o auxílio emergencial, que foi uma medida do governo federal para socorrer os empresários, os mais pobres e pessoas que ficaram sem emprego por causa de pessoas como você que fechou o comércio em Niterói, que fizeram todo um aparato para que as pessoas não pudessem ter acesso a nenhum tipo de serviço”, concluiu.

Para encerrar a discussão, Rodrigo Neves alegou que “não vai mais perder tempo desmentindo cada mentira de corruptos e suas milícias digitais”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − oito =