Rio tem quase 300 policiais afastados por gripe ou Covid-19

O Estado do Rio, na primeira quinzena de 2021, tem quase 300 policiais afastados do serviço, entre civis e militares, em decorrência de sintomas gripais ou da Covid-19. Ao todo, 294 agentes estão longe do trabalho. A Polícia Militar detém o maior número de casos.

A Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que, do efetivo da ativa (por volta de 45 mil homens e mulheres), nas últimas duas semanas, 110 policiais militares foram afastados por contaminação pela Covid-19 e outros 73 por sintomas de síndrome gripal, totalizando 183 agentes.

Polícia Civil informou que 111 agentes estão afastados – Foto: Arquivo

O comando da corporação também afirmou que já intensificou as orientações sobre as medidas de prevenção, como o uso de máscara e álcool para assepsia das mãos, junto à tropa.

Já a Polícia Civil informou que, neste ano, 111 servidores se afastaram por conta da Covid-19, sendo que 104 se infectaram e sete estão sendo tratados como casos suspeitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − oito =