Rio Bonito recebe emenda para a área da Saúde

A atenção primária à saúde de Rio Bonito ganhou um reforço de R$ 400 mil para o enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus. O anúncio foi feito no auditório do centro administrativo da prefeitura na manhã de hoje (2), com a presença do prefeito Leandro Peixe (Republicanos), o vice-prefeito José Américo (PROS) e da deputada Clarissa Garotinho (PROS), autora da emenda parlamentar que destinou o dinheiro para o município.

Segundo Clarissa, esses recursos para saúde serão fundamentais nesse momento de pandemia, se colocando à disposição para uma parceria com o poder público municipal para ajudar com apoio técnico para elaboração de projetos, abrindo portas nos ministérios ou com emendas extraorçamentárias.

“Em meio a esta situação é preciso escolher onde os recursos serão aplicados. Rio Bonito é uma cidade estratégica, com duas lideranças novas iniciando sem os vícios da velha política, dispostos a transformar a cidade e fazer Rio Bonito voltar a sorrir”, comentou.

No encontro ainda foram debatidas saídas estratégicas para o turismo na cidade, que vem sendo encarado pela atual gestão da cidade como um dos caminhos para se desenvolver a economia da cidade através do turismo rural e de aventuras; criação de um parque municipal ambiental e esportivo na Área de Proteção Ambiental Serra do Sambê; criação de um Circuito da Banana; e implementação de uma Guarda Parque.

O vice-prefeito José Américo destacou o interesse de buscar por novos meios de beneficiar a população. “Estamos buscando mais parcerias com ela que ocorrerão porque é uma vontade política do prefeito e do vice-prefeito de fazer isso acontecer. Esperamos que isso renda frutos muito bons para cidade”, disse.

Flávio Azevedo, diretor da Rio Bonito Convention & Visitors Bureau, uma associação de empresários ligados direta ou indiretamente ao turismo local, ressaltou a importância do Poder Público para desenvolver cidades como Rio Bonito, que, apesar de ter muitos recursos naturais e uma localização privilegiada, ainda precisa de uma infraestrutura melhor.

“As pessoas vão começar a valorizar experiências diferentes daqui para a frente, e Rio Bonito tem uma coisa boa a oferecer: sua localização é privilegiadíssima, perto da capital e da Região dos Lagos. Cada vez mais as pessoas vão querer estar perto da natureza, fazer turismo ecológico e rural. Mas também vão querer infraestrutura, como pousadas e restaurantes”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 17 =