Revitalização de Cieps começa a sair do papel

Raquel Morais –

Mais um passo foi dado para a reabertura de alguns Cieps de Niterói. Agora foram escolhidas e divulgadas as empresas que farão as reformas nos Ciep 049 Professor Anísio Teixeira e Ciep 446 Esther Botelho Orestes, no Fonseca e Cantagalo, respectivamente. A medida foi publicada no Diário Oficial de ontem (11) e as unidades escolares vão passar pelas obras durante dez meses. As intervenções vão custar mais de R$ 15 milhões e a ideia inicial é requalificar os antigos ‘brizolões’ para agora Espaços Nova Geração (ENG).

A reforma no Ciep 049, que fica na Travessa Luis de Matos, no Fonseca, custará R$ 6.811.064,56, e a unidade pretende atender 400 crianças e jovens. Já o Ciep 446, na Travessa Orlando Melo Neri, no Cantagalo, terá investimento mais caro, de R$ 8.253.670,48 com objetivo de atender 800 alunos Serão realizadas reformas na parte elétrica, hidráulica, pintura, além de novo mobiliário, de acordo com informe da Prefeitura de Niterói.

Os espaços estão abandonados há mais de quatro anos, enquanto eram geridos pelo Governo do Estado, mas após a municipalização a Prefeitura de Niterói é responsável pelas escolas. Os ENGs vão ter ambientes de desenvolvimento de atividades e projetos de educação, cultura, formação técnica, esporte e lazer para crianças e jovens do entorno, conforme explicou a administração municipal; e ambas as escolas vão funcionar em três turnos para alunos dos 6 aos 16 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *