Revitalização de campos pode ser chave para retomada do setor petrolífero

“A revitalização de campos maduros pode resultar num acréscimo de até 25 milhões de barris de petróleo por dia”, destacou o presidente da Schlumberger Brasil e representante da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo (ABESPetro), Alejandro Duran, durante conferência técnica realizada na abertura da nona edição da Feira Brasil Offshore.

Alejandro Duran ainda afirma que a indústria está pronta para voltar a crescer. Segundo ele, esta feira é o principal momento para consolidar a retomada dos negócios projetados por meio dos leilões agendados pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), que acontecem em setembro deste ano.

Durante a palestra foram apresentadas medidas voltadas para o setor que podem ser solucionadas a curto, médio e longo prazo. “Com um mínimo impacto ambiental, o rejuvenescimento de campos onshore e offshore é fundamental para a continuidade da produção a curto prazo”, informou Duran.

A ABESPetro, que conta com 48 empresas associadas, é o principal elo entre os fornecedores que compõem a cadeia do petróleo local e as grandes operadoras de óleo e gás no mundo. Noventa e quatro por cento dos funcionários das empresas associadas à ABESPetro são brasileiros que trabalham dentro e fora do país.

O encontro reuniu público diverso, incluindo autoridades, entre elas, o prefeito de Macaé, Dr. Aluizio, além de prefeitos e representantes dos municípios de Carapebus, Quissamã, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu, São João de Meriti, Itaboraí, Tanguá, Maricá, Niterói e Arraial do Cabo.

Primeiro dia teve palestras para profissionais de RH
A série de debates e palestras “Encontros com RH” é uma das atividades da nona edição da Brasil Offshore, Feira e Conferência Internacional da Indústria de Petróleo e Gás, terceiro maior evento de petróleo do mundo, que acontece, no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho, em Macaé, até amanhã. O evento é organizado pela ONG Viva Rio em parceria com a Associação Brasileira de Recursos Humanos Rio de Janeiro (ABRH-RJ) e conta com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda de Macaé. As atividades acontecem todos os dias da Feira, no Espaço do Conhecimento Offshore, sempre de 18h às 18h45min.

A primeira palestra foi “Panorama atual e futuro da indústria de óleo e gás”, ministrada pelo secretário executivo da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo (Abespetro), Gilson Coelho. Amanhã será a vez do tema “O futuro do trabalho”, com o coordenador geral da Viva Rio, Alexandre Fernandes. Hoje, a diretora jurídica da ABRH-RJ, Magda Hurza, fala sobre “As mudanças do marco legal do trabalho”. E amanhã, o fechamento será com um representante da rede social de negócios LinkedIn, com a abordagem “As redes sociais como uma nova ferramenta para o mundo do trabalho”.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda de Macaé, Gustavo Wagner, disse que é uma boa oportunidade para os profissionais de Recursos Humanos das empresas estabelecidas na região compartilharem conhecimento. “Esta iniciativa é para tratar do futuro do trabalho no mercado de petróleo, que está em vias de uma retomada significativa”, afirmou.

Para Alexandre Fernandes, a oportunidade é especial. “A Feira é de negócios e conhecimento sobre o mundo do trabalho”, disse. O diretor da ABRH, núcleo Macaé, Raul Machado, ressaltou a importância da atualização constante. “É uma conquista trazer protagonismo aos profissionais de RH em uma Feira desta importância. A área de óleo e gás é estratégica”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + dois =