Niterói planeja retomada gradual das atividades após semana de restrições

Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT), disse nesta segunda, durante live no Facebook do Gabinete de Crise, que está com tudo pronto para a montagem de um plano estratégico de retomada das atividades na cidade a partir da próxima sexta-feira (15). Segundo o prefeito, graças às medidas emergenciais e temporárias adotadas, Niterói está entre as cidades aptas para começar a desenvolver o planejamento. Um decreto na cidade suspendeu as atividades do comércio (salvo os considerados serviços essenciais) até a data de 15 de maio, podendo ser estendido por mais cinco dias.

“Vamos apresentar até o final desta semana um plano gradual de retomada dentro desse novo padrão de normalidade com maior padrão de higiene e hábitos, que nós vamos ter que incorporar para a gente não ter problemas gravíssimos como em outras cidades, que estão passando problemas sem saber o que fazer com os corpos dos mortos que são de pessoas queridas perdendo a vida de maneira absurda e violenta pela falta de assistência hospitalar é nós não queremos que isso aconteça em Niterói, mas isso depende sem dúvida da ação pública e da responsabilidade que os governantes deve ter com a vida do cidadão e a responsabilidade do próprio cidadão”, disse o prefeito Rodrigo Neves.

Segundo o secretário de Ordem Pública, Paulo Henrique, o primeiro dia das novas medidas anunciadas pela Prefeitura com a ampliação das ações restritivas fez com que o isolamento social se aproximasse do ideal.

“Agradeço aos cidadãos que ajudaram as restrições de circulação. Hoje ficou provado mais uma vez que o cidadão colabora e atendeu nossos chamados e evitaram de ir à rua. Continuaremos com, além da abordagem, fazendo a testagem da temperatura corporal para encaminhar o suspeito da doença para tratamento e poder controlar mais rápido possível a situação”, disse o secretário.

O coronel Paulo Henrique na ocasião fez um alerta; “Vamos continuar intensificando as ações de desaglomeração em nas agências, lotéricas e estabelecimentos necessários que estão sem álcool e sem um agente de desaglomeração”, avisou o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − vinte =