Restaurante Popular tem aumento de mais de 5% na venda de almoços

Raquel Morais –

O movimento no Restaurante Popular Jorge Amado, no Centro de Niterói, está 5,55% maior no primeiro mês de 2018. A crise econômica e salários atrasados do funcionalismo público são duas hipóteses que a administração do espaço, que vende café da manhã a R$ 0,50 e almoço por R$ 2, acredita ter relação com o aumento no movimento. O café da manhã vai das 6h às 9h e o almoço das 10h às 15h.

O administrador do espaço, Nilo Oliveira, disse que em média são vendidas 1800 refeições por dia e em janeiro desse ano a média saltou para 1900 pratos diariamente. Ele ainda explicou que de 10h às 11h os aposentados preferem almoçar, de 11h30min às 13h a maioria dos frequentadores do restaurante são desempregados e trabalhadores do Centro de Niterói e de 13h às 15h os moradores de rua buscam a alimentação. “Estamos passando por um momento complicado com crise e problemas no Estado. Acreditamos que esses motivos aumentam a frequência no restaurante popular”, comentou Nilo.

As altas temperaturas no verão também fazem uma mudança no cardápio. A nutricionista Michele da Silva, 38 anos, disse que para driblar o calor e oferecer uma alimentação mais leve, é necessário investir em mais legumes, saladas pelo menos três vezes por semana e mais frutas como sobremesa. “Também evitamos ao máximo as frituras e damos preferência para ensopadinhos, assim a comida não pesa no organismo, ainda mais no calor”, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =