Repasses para hospital de Rio Bonito somam quase R$ 20 milhões neste ano

O prefeito de Rio Bonito, José Luiz Mandiocão (Progressistas), e o secretário de Saúde interino, Tetsuaki Kiuchi, receberam o presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Balbino, e o membro do órgão, Carlos José da Costa, para uma reunião onde colocaram as cartas na mesa sobre a situação financeira entre o Executivo e o Hospital Regional Darcy Vargas (HRDV). Na ocasião, eles expuseram os valores repassados para o HRDV nos últimos oito anos. Segundo a Prefeitura, somente no mês de maio deste ano foi repassado à unidade R$ 5.885.269,18. O presidente do Conselho falou sobre a dificuldade que encontra para fiscalizar o hospital, já que só tem acesso à prestação de contas através da Prefeitura.

“Temos problemas em conseguir algumas informações. Eu vinha pedindo a prestação de contas do Hospital e eles diziam que não eram obrigados a fornecer. A gente conseguia somente através da Prefeitura, mas agora que eu descobri que eles são obrigados sim a fornecer isso, vou querer a cada quatro meses”, disse Balbino.

Durante o encontro, o secretário de Saúde e o prefeito mostraram aos representantes do Conselho que apesar das constantes críticas que a Prefeitura vem recebendo da unidade, os repasses que o Executivo faz vem aumentando a cada ano.

“De 2013 até 2016, foram repassados quase R$ 80 milhões, diferente dos quase R$ 85 milhões enviados de 2017 até este mês de maio”, afirmou o chefe do Executivo.

Sobre os valores repassados desde 2017, a Prefeitura disse que em 2017, foi de R$ 17.967.193,53, no ano de 2018, foi de R$ 22.941.053,48; em 2019: R$ 25.070.583,26 e neste ano de 2020, R$ 17.941.918,25, até o dia 27 de maio.

O prefeito Madiocão se posicionou sobre as críticas e disse que tem gente que quer atrapalhar o trabalho, tirar proveito na politicagem e usar o nome alheio para aparecer.

“Eu não preciso disso, não preciso do coronavírus para fazer política, sempre fiz política sem depender disso. O maior prejuízo é o cara que quer enterrar o outro para aparecer, usar a rede social para fazer fofoca. Essas pessoas falam do outro, o que está na índole deles”, disse o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + dois =