Renaissance e Curved Air trazem rock progressivo ao Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro será palco de um encontro inédito. No dia 05 de junho, às 20h, o Vivo Rio receberá as bandas inglesas  Renaissance e Curved Air. Os grupos apresentarão seus shows na íntegra e prometem animar o público com clássicos de seu repertório. Annie Haslan (vocalista do  Renaissance) e Sonja Kristina ( vocalista da  Curved Air), mostrarão porque são consideradas as melhores vozes do Rock Progressivo. 

O Renaissance tem mais de 50 anos de carreira e quatro décadas apoiada na voz da soprano Annie Haslam. O grupo mostrará seus clássicos mais reverenciados como “Song For All Seasons”, “Northern Lights” e “Sounds of the Sea”, além do aclamado álbum Symphony of Light, lançado em 2014, que contém a faixa “Waterfal”l, sobre as florestas brasileiras.

Renaissance: “A Symphonic Journey”, The Ridgefield Playhouse, Ridgefield, CT (10/26/17)

O Renaissance tem uma história, que o coloca entre os pioneiros do rock progressivo. Annie Haslam e Michael Dunford, acompanhados de John Tout (teclado), Jon Camp (baixo) e Terry Sullivan (bateria), moldaram o som do grupo pelo conhecimento profundo dos seus instrumentos. O reconhecimento inicial veio pela mistura do progressivo com as influências da música clássica e os arranjos sinfônicos.

O grupo é especialista em utilizar o som de orquestras inteiras em seus álbuns nos primeiros anos. Após excursões pela Europa não demorou para que rádios influentes do rock progressivo americano mostrassem o som da banda para os Estados Unidos. Em pouco tempo, espaços como o Carnegie Hall em Nova York (com a New York Philharmonic Orchestra) e o Royal Albert Hall em Londres (com The Royal Philharmonic Orchestra e a Royal Chorale Society) abriram as portas para o Renaissance. Em 1978 veio o hit Northern

Celebrando os 40 anos da fundação do grupo, em 2009, Michael e Annie recrutaram uma nova formação para excursionar com Rave Tesar (teclado), David J Keyes (baixo), Tom Brislin (teclado) e Frank Pagano (bateria). Em 2014 veio o primeiro álbum em 13 anos, ‘Symphony of Light’. O disco é um tributo às melodias inesquecíveis de Michael Dunford, que faleceu em 2012. ‘Symphony of Light’ começa com a letra inspirada de Annie Haslam na faixa-título sobre a vida de Leonardo da Vinci. O álbum mergulha o ouvinte em sabores sônicos de países distantes, com arranjos orquestrais e letras inusitadas, com direito a convidados como Ian Anderson (Jethro Tull) e John Wetton (Asia/King Crimson/UK).

Já a Curved Air festeja a sua primeira vez no Brasil. A banda, que iniciou sua trajetória em 1970, trará aos palcos do país sua apresentação acústica. A banda mistura folk, música eletrônica, fusion e elementos clássicos acompanhados de um violino. A banda possui oito álbuns de estúdio e alguns chegando ao top 20 britânico. A banda já teve em seus componentes Stewart Copeland, imortalizado com baterista do Police. Vale lembrar que ele e a vocalista da banda Sonja já foram casados.

O grupo se tornou famoso graças aos seus shows ao vivo e ao termo ‘Art Rock’ que definia seu som: um violino combinado com sintetizadores eletrônicos, uma guitarra mágica e a presença hipnótica da cantora Sonja Kristina. A combinação desses elementos levou o Curved Air da cena alternativa para o topo das paradas no começo dos anos 70.

“Darei ao público tudo que quer ouvir. Desejo que sintam a minha alegria em estar no Brasil pela primeira vez. Minha resposta será fazer um show com tudo que possa fazê-los felizes!”, diz Sonja Kristina sobre o que esperar das apresentações:

Ao lado de bandas como o High Tide e East of Eden, o Curved Air foi um dos primeiros grupos a usar um violino elétrico, manuseado de forma inspirada por Darryl Way. Alternando teclado e guitarra, Francis Monkman abriu portas para os vindouros sons eletrônico e ambiente. O ainda baterista do grupo Florian Pilkington Miksa acompanhado do talento artístico do baixo de Chris Harris, fornecia o expressivo pulso rítmico que é a marca registrada do Curved Air.

Em 2012 lançaram um CD/DVD ao vivo ‘Live Atmosphere’ uma coletânea da banda tocada pela formação atual. ‘Live Atmosphere’ foi produzido por Marvin Ayres, incluindo um DVD bônus com momentos ao vivo amparados por uma colagem visual atmosférica

Serviço:

Cidade: Rio de Janeiro

Data: 05 de Junho de 2022

Dia: Domingo

Local: Vivo Rio

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo, Rio de Janeiro, RJ

Telefone :(21) 2272-2901

Abertura da Casa: 19:30 h

Horário da Apresentação: 20h

Classificação Etária: 18 anos. Menores de 18 anos entram acompanhados dos pais/responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.