Regional Rio do Ouro quer doações para melhorias e ampliação de serviços

Wellington Serrano –

Na Estrada Velha de Maricá (atual RJ-100), entre São Gonçalo e Niterói, todo mundo está vendo a nova fase da Regional do Rio do Ouro. A Administração, que abraça e ajuda os moradores da região, virou referência em Niterói. Apesar das dificuldades que instituições públicas enfrentam no estado do Rio de Janeiro e no Brasil, a administração niteroiense voltou a funcionar, mas também não deixou de precisar de ajuda.

Boa parte do que a administração regional realiza é custeado pela Prefeitura e por meio de doações, que servem para manter a gratuidade de vários cursos para alunos, feiras e eventos. Mas é preciso mais do que é destinado mensalmente à regional para que possam ser feitos investimentos em manutenção e aumento da oferta de serviços.

A instituição mantém o telefone (21) 2718-7817 para cadastrar contribuintes que queiram colaborar. “Antigamente a regional funcionava improvisada em um prédio malconservado e faltava tudo como placas de sinalização adequadas, mesas, cadeiras e salas, além de equipamentos e até espaço físico para que os funcionários pudessem trabalhar”, disse o titular Renato Cordeiro Júnior, mais conhecido como Renatinho da Oficina.

A equipe de reportagem esteve no endereço e conferiu que o órgão funciona a todo vapor. “Estou me esforçando para destacar as ações da secretaria e divulgar a existência do órgão entre os moradores do bairro”, afirmou Renatinho. Ele conta que uma das principais atividades da pasta é o atendimento das reivindicações dos moradores, em postos volantes, nos principais pontos de circulação da região.

Abraçando as causas dos moradores
A administração regional do Rio do Ouro está ouvindo as demandas dos moradores e, por isso, realiza eventos, como a edição da Corrida de Cinco Quilômetros e a Feira Mix, que tem como intuito promover o trabalho de expositores da cidade em vários segmentos.

Renatinho da Oficina também comemora a volta do Projeto Gugu. “O projeto volta vigoroso no espaço de lazer e convivência da Secretaria Regional”, disse o ex-vereador, que no ensejo parabenizou o subsecretário Vinicius Guimarães, a coordenadora Regina Célia Correa, a professora Renata e a toda equipe pela parceria firmada. “Por uma vida saudável e segura para todos”, comemorou.

Ele disse que o zelo com as melhorias é necessário para interferir diretamente na qualidade de vida das pessoas e dos profissionais. “Graças ao empenho, a obra da Rua Marino Nunes Vieira começou a todo vapor. Por isso quero agradecer também à equipe da Prefeitura pelo início desta importante obra no bairro de Várzea das Moças”, realçou Renatinho.

Socializa Pendotiba
Sempre voltada para o atendimento dos moradores, a administração regional realizou no mês passado a primeira edição de Ação Social com o tema: “Socializa Pendotiba”, que proporcionou a realização de diversos serviços gratuitos de cidadania que geram a qualidade de vida e saúde preventiva para os moradores da região.

“Foram muitos anos de descaso, precisamos revitalizar a região de Pendotiba com atividades sociais, obras, espaços culturais e gastronômicos entre outras ações. Nessa primeira edição o destaque foi a integração da população em uma atividade cidadã pela primeira vez no Rio do Ouro”, destacou.

Regional analisa Plano Plurianual
A administração regional debate e elabora propostas para o Plano Plurianual, que destinará o orçamento específico para as políticas públicas de juventude no local. Segundo Renatinho, os jovens da região sofreram ao longo dos anos um atraso considerável, refletindo em praticamente todas as áreas. “A ideia da descentralização dos equipamentos públicos e da transversalidade das políticas é fundamental para a melhoria de vida da população. A juventude da região elaborou uma série de propostas, que me foi entregue e vou me empenhar para não decepcioná-los”, disse o administrador.

Campanha do Agasalho
O titular da regional chama atenção para a Campanha do Agasalho que acontece no local. “Queremos coletar o maior número possível de roupas, calçados, agasalhos e cobertores para suprir as necessidades de famílias e pessoas que precisam e assim na época do frio, diminuir o sofrimento daqueles que não tem como se aquecer”, pontuou.

O pré-candidato a deputado estadual, possivelmente pelo PTB, disse que, com a intenção de facilitar a doação, decidiu criar postos de coleta na própria região. “Sabemos que o corre-corre do dia a dia muitas vezes atrapalha a concretização da doação, porque não há tempo para se deslocar até um posto de arrecadação”, concluiu. Os postos de coleta estão na Fanpage da administração na internet.

Sobre novos investimentos, a prefeitura informa que a administração regional de Rio do Ouro foi a primeira a ser remodelada e cumpre atribuição importante de ouvidoria e interlocução com as diversas regiões e bairros da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *