Região Oceânica já conta com o ‘Niterói Presente’

Niterói é o único município do Rio de Janeiro a ter os perímetros de todas as suas delegacias distritais cobertos pelo Programa Segurança Presente com a chegada, na sexta-feira (23), à Região Oceânica da cidade. Com a ampliação, serão mais 150 agentes de segurança se revezando na área, totalizando 485 integrantes divididos por turnos de serviço. Desde a implantação, o Programa Niterói Presente, financiado pela Prefeitura, é responsável pela resolução de 2.103 ocorrências. Com apoio da tecnologia presente nas 522 câmeras de monitoramento do Cisp (Centro Integrado de Segurança Pública), 70 delas com Inteligência artificial, o programa é uma das ferramentas disponibilizadas pela Prefeitura que levaram os índices de criminalidade em Niterói a despencarem. Atualmente, cerca de dois terços do policiamento de Niterói são bancados pelo Município.

O prefeito Rodrigo Neves ressaltou que a cooperação entre as instituições é fundamental e que Niterói hoje tem os melhores índices de segurança pública dos últimos 20 anos.

“A cooperação entre as instituições é fundamental para superar os desafios. Se os três níveis de governo não estiverem trabalhando juntos, os problemas ficam muito mais difíceis de serem solucionados. O Pacto Niterói Contra a Violência é o maior investimento de uma cidade em segurança pública no Brasil. Estamos investindo mais de R$ 300 milhões nesse plano municipal com uma visão moderna e inovadora, que tem um componente de inteligência e de planejamento integrado de policiamento”, destacou o prefeito. “Aqui em Niterói, nós colocamos todas as inspetorias da Guarda Municipal no mesmo modelo territorial de integração da Polícia Militar e da Polícia Civil. Periodicamente, a partir da identificação, dos chamados ”hot spot”, os pontos quentes da criminalidade, nós focamos o planejamento integrado com a inteligência das três forças de segurança. É por isso que os resultados são absolutamente extraordinários. A cidade tem hoje os melhores índices de segurança pública dos últimos 20 anos”, disse o prefeito.

De acordo com os indicadores de criminalidade divulgados esta semana pelo Instituto de Segurança Pública (ISP-RJ), o município de Niterói segue apresentando a maior redução percentual em alguns índices, no acumulado, em comparação com os municípios limítrofes. A queda vertiginosa nos índices de violência já haviam sido antecipadas pelo observatório de segurança do município e confirmaram que, no geral, o mês de setembro teve uma redução de 61,58% na letalidade violenta e 53,55% de queda nos roubos de veículos. O somatório geral na cidade apontou também que os registros de roubos de rua tiveram uma redução de 47,35% em relação ao mês de setembro de 2019. Com isso, o município segue apresentando a maior redução percentual no acumulado em comparação com os municípios limítrofes com algumas regiões chegando a ter queda de 80% nos indicadores.

O secretário do Gabinete de Gestão Integrada de Segurança, Gilson Chagas, reforça que o Niterói Presente estará em todas as regiões da cidade.

“Chegar em todas as regiões da cidade com o Niterói Presente é um marco da administração municipal. Aumentamos o efetivo da Guarda Municipal em duas vezes e meia, colaborando muito com a queda dos índices de criminalidade. Antigamente, a Guarda Municipal contava com a Polícia Militar. Hoje, Niterói tem um trabalho integrado. É um grande passo na pacificação de Niterói e municípios vizinhos. Em setembro de 2017, amargávamos um índice de 227 de roubos de carros por mês. Esse índice em setembro foi de 32 carros. Nunca tivemos esses indicadores. A Prefeitura tomou a decisão certa em 2013 e está colhendo hoje o que foi plantado ao longo de oito anos. O Cisp faz uma prevenção efetiva orientando as ações de rua com as câmeras que dão os elementos probatórios” completou o secretário.

Desde a sua implantação, o Niterói Presente realizou 562 prisões e apreensões de foragidos da justiça e fugitivos do sistema penal, 168 ocorrências de prisões por furto, 156 por posse de entorpecentes, 134 de material ou objetos recuperados, 125 ocorrências de recuperação de veículos, 96 por roubos, dentre outras. Juntas, somam mais de duas mil ocorrências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × um =