Região Oceânica ganha rota gastronômica

Com a inauguração do túnel Charitas-Cafubá, a mobilidade urbana em Niterói ganhou mais um acessório que promete facilitar a vida de quem circula pelas duas regiões da cidade, Zona Sul e Região Oceânica. De olho neste novo trajeto que antes era limitado, empresários do setor gastronômico da Região Oceânica não perderam tempo e realizaram nesta segunda-feira (08), 48 horas depois da inauguração da via, a Rota Gastronômica da Região Oceânica, que foi lançada no Pampo Clube de Itacoatiara, com a presença de diversas autoridades. O projeto é um sonho antigo dos empresários e promete ser mais uma boa opção de lazer para toda a cidade de Niterói.

Tendo como parceiros o Sebrae, a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Niterói e a Prefeitura, o evento contou com 23 restaurantes, que se uniram neste movimento objetivam o desenvolvimento econômico da região.

“Começamos com um número pequeno de empresários e estava tudo parado, mas retornamos o projeto este ano. O nosso objetivo é crescer, a crise veio para todo mundo, não adianta cruzarmos os braços”, disse Patrícia Crespo, dona de restaurante e uma das organizadoras do evento. A organização de eventos temáticos será uma estratégia para atrair clientes.

“Um exemplo seria o festival de lula, no qual cada restaurante fixaria um preço único para o prato. Assim as pessoas poderiam experimentar diversas receitas de diferentes restaurantes”, completou a empresária.

O público que esteve presente soube aproveitar cada e espaço e saborear cada delícia preparada pelos chefs dos restaurantes. Cerca de 200 estiveram prestigiando o evento e saíram com uma ótima impressão desta nova rota que liga o restante da cidade à Região Oceânica. “Eu achei o evento maravilhoso, pratos deliciosos, desde massas a frutos do mar, uma delícia. Acho que com essa Rota Gastronômica, as pessoas irão descobrir as delícias produzidas pelos restaurantes da Região Oceânica, um sucesso”, comemora o bancário Eduardo Galvão, de 38 anos.

“Agora sim a nossa região está bem representada, gostei muito do evento e serei cliente fiel, agora é aguardar os novos eventos que serão temáticos. Restaurantes maravilhosos e receitas espetaculares”, disse a dona de casa, Maria Eduarda Brasil, de 49 anos. O Sebrae participou desde a concepção do projeto, agora será realizado um planejamento estratégico com a capacitação individual dos empresários.

“Essa rota vai fortalecer a região como um todo, alavancando ainda mais o turismo. Esta área é importante para o crescimento econômico da cidade”, comentou a analista do Sebrae Marinez Bretas. Quem também esteve presente foi o prefeito da cidade Rodrigo Neves. Segundo ele, o município luta para seguir na contramão da crise e que esta Rota Gastronômica dará mais autonomia a Região Oceânica.

“Nós inauguramos um processo de recuperação fiscal do município. Hoje com o lançamento deste polo gastronômico esperamos dar mais um passo para frente, tornando um setor forte e dinâmico”, conclui Rodrigo Neves. Dono de um restaurante em Piratininga, Jam Martins é só alegria com o lançamento da Rota Gastronômica. Segundo ele a inauguração do túnel Charitas-Cafubá trouxe desde a inauguração um aumento considerável de cliente e agora a expectativa é de que o fluxo aumente a cada dia.

“Estamos muito felizes com este projeto, já sentimos diferença desde a inauguração do túnel. Agora teremos um setor mais forte e mais importante na cidade, assim como é o pólo gastronômico do Jardim Icaraí”, comentou o empresário e Diretor de eventos e Marketing da Rota Gastronômica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − catorze =