Rede não lança candidato e deve apoiar Axel Grael em Niterói

Em live na internet ontem (02/07) o prefeito Rodrigo Neves estava debatendo o cenário político brasileiro junto com o deputado federal Alessandro Molon (PSB) quando disse que a Rede Sustentabilidade irá apoiar pré- candidatura de Axel Grael (PDT) ao executivo municipal. Anteriormente a Rede havia lançado a pré-candidatura doex- deputado estadual Adroaldo Peixoto que em contato com nossa reportagem, confirmou que devido a uma recente cirurgia não irá concorrer.

A presidente estadual da Rede, Valéria Tastch, em nota à A TRIBUNA, disse que: ” A Rede Sustentabilidade, inicialmente lançou candidatura própria sendo o Adroaldo Peixoto nosso candidato, infelizmente Adroaldo teve que se afastar por recomendação médica, após ter sido submetido a uma cirurgia. Adroaldo é uma liderança na Rede Niterói, o afastamento dele é por um período e segue na Rede, mas o afastamento ultrapassa o período da eleição municipal. A Rede Sustentabilidade, representada por mim, Valeria Tatsch, Porta-Voz/Presidente Estadual e Coordenadora Executiva Nacional, junto com Gregório Jorio, Porta-Voz/Presidente Estadual e Municipal de Niterói, tivemos reunião com o Axel e conversamos bastante sobre a cidade que queremos e descobrimos muitos desejos comuns, como uma educação integral, continuada e de qualidade, o papel social que o esporte desempenha, por natureza como instrumento sócio-educativo, assim como a cultura, entre outros pontos programáticos. Axel Grael tem origem no movimento ambientalista e tem forte preocupação com a relação do homem com a natureza para que as futuras gerações desfrutem de um mundo melhor, pensamento ideológico da Rede.
Tendo tantos desejos comuns e num momento tão difícil que atravessa o nosso país em que o Presidente colocou em prática uma retórica abertamente contra os direitos humanos, naturalmente nos leva a construir uma unidade, que também está sendo construída nacionalmente com a Rede, PDT, PSB e PV.
As conversas programáticas com o Axel Grael vão continuar com nossas lideranças estaduais,  ex-deputado federal Miro Teixeira e a Professora Sonia Rabelo, ainda essa semana”.

Já o coordenador da campanha de Adroaldo e da Rede, o ex-vereador Norival Ornellas, disse que junto com correligionários e o ex-deputado Miro Teixeira vai analisar a desistência de Adroaldo Peixoto, por problemas de saúde, e irão debater os caminhos que o partido deve seguir em Niterói. “Há uma simpatia pelos projetos do Axel, mas não há nada de concreto ou decidido”.A nível federal, já existe uma coalizão entre PDT, PSB PV e Rede, para as eleições deste ano. No Rio, os quatro partidos já estão unidos, devendo apenas decidir, quem deverá ser a cabeça de chapa, a deputada e ex delegada Marta Rocha, é a aposta do PDT, e deverá ser a escolhida.Entramos em contato com Axel Grael e até o fechamento desta matéria, não obtivemos resposta.

Biografia 
AdroaldoPeixoto Garani nasceu na cidade mineira de Leopoldina, nodia 7 de julho de 1950. O político foi duasvezes deputado estadual no Rio de Janeiro,é advogado, livreiro e jornalista. Foipresidente da Casa do Estudante Fluminense, em Niterói,na década de 1970. Se formou pela Universidade FederalFluminense, onde também cursou letras. Adroaldo é casadodesde 1987 e pai dedois filhos. Peixoto foi superintendente da Companhia deEletricidade do Estado do Rio de Janeiro – CERJ, de 1984 a1986. Ingressou de vez navida pública em 1990 pelo PDT. No ano1991 assumiu o mandato de deputado estadual e em 1999 assumiu apresidência da Imprensa Oficial do Rio de Janeiro. No ano de 2003 foi Subsecretário estadual de Transportes. Adroaldo retornou à ALERJ, em 2005.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *