Reconstituição da morte de João Pedro prossegue com grande aparato policial no Salgueiro

A polícia reuniu um grande efetivo para realização da reconstituição da morte de João Pedro voltado para o Complexo do Salgueiro, região com histórico de muitos confrontos.Um grande combio policiaisl saiu da DH, em Niterói, por volta das 10 horas da manhã até São Gonçalo. Todos os policiais que participaram da ação e testemunhas (pelo menos dez) do caso foram convocados para participar do trabalho, que reuniu peritos e investigadores da polícia e do Ministério Público estadual (MP-RJ).

A Defensoria Publica também acompanha a reconstituição, e o helicóptero da Polícia Civil foi deslocado para integrar o aparato voltado para o evento. No dia de sua morte, João Pedro chegou a ser socorrido em um helicóptero da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e levado para um heliponto, na Lagoa, Zona Sul do Rio. O defensor público Daniel Lozoya, responsável pelo caso, disse que testemunhas estavam “receosas” de voltar à casa onde João Pedro foi atingido. Parentes de João Pedro e representantes da Defensoria Pública acompanham a reconstituição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =