Recompensa sobre paradeiro do Schumaker sobe para R$ 30 mil

Subiu para R$ 30 mil a recompensa por informações que levem à prisão do criminoso Schumaker Antonácio do Rosário, o Schumaker, apontado, entre outros, por liderar o tráfico no Jardim Catarina, em São Gonçalo. O Portal Procurados divulgou ontem um cartaz, constando o mais recente aumento, de R$ 20 mil para R$ 30 mil, por informes sobre o traficante de 34 anos. Ligado à facção criminosa Comando Vermelho (CV), Schumaker passou a ser o um dos bandidos mais procurados do Estado, ao chefiar o tráfico de drogas, além do Jardim Catarina, de localidades como Guaxa, Baixadinha, Pica Pau, Cinco Bocas, Final Feliz, Favelinha, na localidade do Catarina Velho, e Buraco Quente, na Trindade.

Como se não bastasse, o bando do traficante também tem envolvimento com roubo de cargas. Contra o traficante há pelo menos sete Mandados de Prisão, sendo quatro pelo crime de evasão do sistema penitenciário e três pelos crimes de homicídio qualificado, associação para o tráfico, entre outros. O Disque Denúncia informa que quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Schumaker deve informar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook (Imbox), ou pelo aplicativo Disque Denúncia RJ. A recompensa só será paga com informações passadas para o Disque Denúncia ou Whatsapp dos Procurados. Entre os crimes atribuídos a Schumaker e seu bando está a execução de um policial com mais de 20 tiros em junho de 2014 no Jardim Catarina. O soldado da PM Dayvid Lopes Atanásio, de 25 anos, era lotado no Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e sofreu uma emboscada próximo de sua casa. Na época, o bandido chegou a ameaçar de morte também outros agentes de segurança da região.

Em março desse ano, poucos dias depois de uma operação das forças de segurança no Jardim Catarina, o Portal dos Procurados já havia aumentado, de R$ 5 mil para R$ 20 mil a recompensa por informações que levassem ao traficante. Em fevereiro de 2017, ao desafiar as autoridades, o traficante chegou a oferecer uma recompensa de R$ 5 mil para cada policial morto na região. Em 2016, após traficantes de sua quadrilha serem flagrados por uma câmera circulando fortemente armados pela Avenida Albino Imparato, principal via do Jardim Catarina, Schumaker teria ordenado a retirada de todos os dispositivos de segurança da área externa das casas e comércios do bairro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *