Recompensa por Schumaker aumenta 200% após operação no Jardim Catarina

Poucos dias depois de uma operação das forças de segurança, no Jardim Catarina, em São Gonçalo, o Portal dos Procurados do Disque Denuncia aumentou a de R$ 5 mil para R$ 20 mil a recompensa por informações que levem à prisão do traficante Schumaker Antonácio do Rosário, de 34 anos, apontado como chefe do tráfico de drogas do local. Schumaker é apontado como uma das lideranças do tráfico do Comando Vermelho (CV) e um dos criminosos mais procurados do Estado.

A quadrilha do traficante, conhecida pelo nome de O “Bonde do Schumaker”, é acusada de tráfico de drogas, assaltos e homicídios. Em fevereiro de 2017, traficante chegou a ofereceu uma recompensa de R$ 5 mil por cada policial morto na região. Antes, Schumaker já havia orquestrado contra a vida de policiais, em junho de 2014, homens liderados pelo criminoso, teria executado com mais de 20 tiros o soldado da PM Dayvid Lopes Atanásio, de 25 anos, no Jardim Catarina. Lotado no Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), o militar sofreu uma emboscada próximo de sua casa. Na época, o bandido chegou a ameaçar também outros agentes.

Em 2016, após traficantes de sua quadrilha serem flagrados por uma câmera circulando fortemente armados pela Avenida Albino Imparato, principal via do Jardim Catarina, Schumaker teria ordenado a retirada de todos os dispositivos de segurança da área externa das casas e comércios do bairro. Além disso, o que ficou evidente na operação de sexta-feira no Jardim Catarina, foi o grande número de barricadas no bairro, para dificultar as ações da Polícia no local. Durante a operação, dez ruas foram desobstruídas de barricadas colocadas pelos traficantes, mas muitas outras ainda estão obstruídas pelo tráfico.

Fugitivo da justiça
Schumaker foi preso por assalto em agosto de 2003, mas em 2013 recebeu o o benefício para cumprir o restante da pena em regime semiaberto e não retornou mais. Ele já foi condenado por crime de homicídio e assalto a mão armada a 29 anos de prisão.

Em desfavor de Schumaker, constam dois mandados de prisão, expedidos pela 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, pelo crime contido no crime de Homicídio Qualificado e pelo crime de Roubo Majorado. Ele possui também anotações criminais pelos crimes de roubo majorado; homicídio qualificado; quadrilha ou bando e latrocínio (roubo seguido de morte).

AS forças de segurança pedem qualquer informação sobre o paradeiro do traficante, pelos canais: Whatsapp ou Telegram do como Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox) ; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.

Todas as informações a respeito do líder do Jardim Catarina e sua quadrilha, estarão sendo encaminhadas para Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo – DHNSG – e também o 7º BPM – SG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 4 =