Recém-nascido é morto e esquartejado em Itaboraí

Um crime misterioso e estarrecedor aconteceu, na manhã desta terça-feira (10), na cidade de Itaboraí, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O corpo de um recém-nascido foi encontrado, esquartejado, em uma comunidade conhecida como Rato Molhado, no bairro da Ampliação. Uma mulher foi detida pela polícia, por suspeita de envolvimento no crime.

Segundo informações do 35º BPM (Itaboraí), uma equipe foi acionada à Rua Manoel Lopes de Oliveira com a informação de que haveria o corpo de uma criança recém-nascida no local. Chegando lá, a cena aterrorizante. O cadáver estava sem os braços e as pernas, em um dos becos, próximo a uma lixeira.

A equipe de perícia da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG) foi acionada para o local. Em sequia, uma viatura do Corpo de Bombeiros removeu o corpo ao Instituto Médico Legal (IML) da região, que fica no bairro Tribobó, em São Gonçalo.

O caso recebe contornos misteriosos porque, até o momento, não há indícios sobre a identidade dessa criança ou de sua família. A equipe da DHNSG registrou a ocorrência e abriu inquérito a fim de investigar o caso. A equipe da especializada irá buscar possíveis imagens de câmeras de segurança, que ajudem a elucidar o crime.

Momentos após o encontro do corpo, uma mulher foi detida, suspeita de envolvimento no caso. Ela irá prestar depoimento e a DHNSG vai investigar possível participação. Contudo, até o fechamento da reportagem, a delegacia não havia divulgado qual o elo entre a mulher e a criança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 6 =