RECEITA RECORDE E VACINAÇÃO ANTES DA ELEIÇÃO AJUDAM JMB

RECEITA RECORDE E VACINAÇÃO ANTES DA ELEIÇÃO AJUDAM JMB

A economia foi salva, como atesta a crescente arrecadação federal, e superior em número ao resultado registrado em março do ano passado, quando a epidemia começou sua carreira de estragos.

Tendo perdido apoio popular quando dificultou a vacinação, e brigou para se evitar a política de isolamento social, o Presidente Bolsonaro sempre se colocou contra as medidas restritivas à circulação de pessoas, ressaltando como mais importantes os números da economia.

O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia alusiva à marca de 100 milhões de poupanças sociais digitais Caixa.

Com os R$ 137,9 bilhões recolhidos aos cofres da União, em março, melhoraram as condições para deslanchar a economia na área oficial, pois a curva é ascendente, já que as elevações de preços (remédios, mais de 10%, e combustíveis com quase 20%), além das altas de preços no mercado interno, representam mais oneração dos contribuintes e mais receita pública. O dólar nas alturas e a crescente exportação de produtos que nos fazem falta e aqui com preços mais elevados, geram o otimismo do Ministro Paulo Guedes.

Afinal, o polêmico Orçamento, destina apenas R$ 20 bilhões anuais para o combate à Covid-19. Os programas Auxilio Emergencial e Pronampe (linha de crédito para pequenas e médias empresas), representam outros R$ 20 billhões para todo o ano e não são apenas dependentes da receita mensal.

Edifício sem luz

Há quase duas semanas, os importantes escritórios, empresas e consultórios do edifício da rua Almirante Teffé, defronte à Receita Federal, estão sem telefones e sem serviços de internet.

É mais uma área onde estão atuando os devastadores de fiação para a retirada de cobre e até de material inferior.

O prejuízo é grande: os “gatunos” ganham pouco, conquanto as empresas e seus clientes sofrem grandes prejuízos.

A quem apelar

Ninguém corre atrás dos “ferros-velhos” estimuladores deste negócio crescente no período do “isolamento social”.

A Polícia se defende: “prendemos, a justiça solta” ou, “estamos proibidos de acessar as comunidades onde os bandidos se refugiam”.

As empresas dizem nada poderem fazer.

A Anatel faz o mesmo.

Globo na expectativa

Desde o ano passado, ameaçada pelo Presidente Bolsonaro de não ter a concessão renovada, a tensão reina entre o pessoal que trabalha na Rede Globo.

O contrato, renovável a cada 15 anos, vence no dia cinco de outubro do próximo ano, isto é, três dias após as eleições.

Mas há recursos e o governo teme a acusação internacional ao país já classificado no 111º lugar entre os que mais ferem a liberdade de imprensa.

Tudo certinho

Bolsonaro já avisou que não agirá precipitadamente, mas afirma também que não haverá jeitinho: “Tudo tem de estar certinho”, numa alusão às exigências legais de contratos com os poderes públicos, incluindo a regularidade fiscal e a comprovação da liquidez da empresa.

A Globo perdeu muitos anúncios e foi excluída da mídia oficial, mas aproveitou a pandemia para ter menos gastos com produções e já há algum tempo vem fazendo distratos com as “estrelas” altamente remuneradas.

Mais vacinas

A Fio-Cruz garante que sexta-feira entregará mais 4,5 milhões de vacinas previstas no acordo de destinação de 10,5 milhões de doses ao Plano Nacional de Imunização..

Anunciou, também, que a sua fábrica está ativada e que o Brasil poderá se orgulhar de produção de uma vacina com complementos nacionais.

A OMS anunciou para o começo de maio a entrega de mais oito milhões de doses ao Brasil.

Demorou no espaço

Concepção artística do veículo voador Ingenuity da Mars2020

Este drone remetido à Marte pela Nasa foi o oitavo robô a viajar àquele planeta.

A viagem, sem passageiros, custou US$ 993 milhões, tendo percorrido 482 mil km.

Seu lançamento ocorreu no dia 16 de fevereiro deste ano, mas outro submeteu-se a sete meses de viagem.

Não se sabe se há condições para a ousadia de uma viagem com seres humanos, ou para a repetição do experimento consagrador da cachorrinha russa, Laika, abrindo caminho para Yuri Gagárin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 3 =