Raymundo Nery Stelling Júnior: Um mundo sob graves mudanças e ameaças

A Civilização Humana tem desenvolvido ao longo de centenas de milhares de anos um permanente caminhar; no entanto, tal processo tem ocorrido num clima de grande tensão, fruto das complexas relações que se estabeleceram (ou não se estabeleceram) ao longo de todo este período.

Importante destacar que em nossa História muito sofrimento foi imputado a milhões de seres humanos bem como o ambiente natural (fauna e flora) tem sido, sistematicamente, destruídos pela ganância e pela falta de humanidade do Ser “Humano”.

Não podemos fingir que nossa espécie se apresentou e apresenta como altamente destruidora de todo ambiente natural bem, como capaz de registrar “capítulos” terríveis de dor e sofrimento pelos quais tantos passaram.

A primeira questão para se superar um problema é admitir que tal problema, de fato, existe; assim, enquanto o Ser Humano não assumir conscientemente que tem sido um elemento, um fator, de alta potencialidade destrutiva, fica difícil conseguirmos reverter este quadro desanimador que assola dia a dia a vida no seu sentido lato em nosso planeta Terra.

Precisamos ter a humildade de reconhecermos que o tão decantado progresso em suas facetas múltiplas tem gerado problemas (alguns já insolúveis ou perto disto…) e que o descaso com o qual vivemos dia a dia sem pensarmos nas respectivas responsabilidades que temos com a Vida precisa mudar.

A Terra urge novo comportamento que passa, necessariamente, por novo comprometimento do homem com a Vida.

Não se pode aceitar a continuidade das ações depredatórias que se submetem a interesses “sombrios” e que, como consequência última e maior, levam a degeneração da Vida no nosso planeta – única casa que efetivamente conhecemos…portanto, extremamente preocupante….

Devemos procurar refletir detidamente que tipo de qualidade de vida que desejamos para nós, para os nossos, para nossa sociedade presente e futura – esta último a qual responderemos com certeza pela herança que formamos deixar…

Cabe a consciência humana de cada um de nós e a ação efetiva de toda a sociedade humana planetária começarmos neste momento a revertermos este quadro caótico existencial que nos encontramos com perigos crassos como falta de água para muitos, de agrotóxicos em excesso colocado nos alimentos, de guerras que devastam vidas e territórios. de uma infinda violência fruto de uma sociedade contemporânea que não consegue encontrar um “norte” de Paz!

As mudanças tem ocorrido numa perigosa velocidade que não nos tem permitido refletir de forma mais detida nas questões basilares que devemos observar para que não ocorram a continuidade de tais equívocos.

O Materialismo através do qual significativa parcela da Humanidade tem quase deificado nos coloca num difícil patamar quando consideramos – sobretudo para as gerações presentes e futuras, a necessidade premente de restarmos os valores maiores que o termo Humanidade deve promover e assim a construção consciente e efetiva de um relacionamento entre pessoas e povos que estão alicerçados em princípios como ética, moralidade, diálogo, compreensão, fraternidade entre tantos outros.

Com certeza somente no alvorecer de uma nova Era aonde o Ser Humano, de verdade, atue com os mais elevados valores humanos e espirituais, atue de forma consciente será possível construirmos um futuro e feliz para a Civilização!

Professor Doutor Raymundo Nery Stelling Júnior (PhD in Science Education/USA – Master in Administration/Total Quality Management/USA) é Presidente-Chanceler do IFEC – Instituto Interamericano de Fomento à Educação, Cultura e Ciência (www.ifec.org.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 8 =