Rapaz autor de disparo em mercadinho de Icaraí é preso

Geovanne Mendes –

A polícia civil realizou uma operação, nesta quinta-feira (06) para cumprir um mandado de prisão e contou com a participação de policiais militares para conseguir prender Marcos Vinícius de Amorim, de 18 anos, conhecido como Vinicinho. Ele ficou conhecido depois que as imagens dele tentando assaltar um mercadinho,situado na Rua Mariz e Barros em Icaraí, no início da noite do dia 29 de junho, começaram a circular pelas redes sociais. Durante a tentativa, Vinicinho entrou no estabelecimento e rendeu um dos funcionários, apontando uma arma para o mercadinho. Ele é acusado pelos agentes da Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo de ter disparado contra Mariana Sousa, de 23 anos, que tentou desarmá-lo durante uma briga. Vinicinho foi preso por volta das 17h na favela do Jacaré, em Piratininga, Região Oceânica.

A jovem foi foi atingida no estômago, baço e fígado. Nas imagens que revoltou a população de Niterói é possível ver o momento em que Mariana é atingida pelo disparo da arma do bandido, no momento em que ela tentava desarmá-lo durante uma luta corporal que contou com a ajuda de um segundo homem que estava na calçada e chegou a jogar Vinicinho ao chão. Após o disparo, o assaltante fugiu e deixou a arma jogada no local,que foi entregue à polícia. As imagens das câmeras do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) também foram fundamentais para auxiliar os policiais.

“Ele foi preso durante a tarde, quando fizemos uma operação para cumprir um mandado de prisão contra ele. As câmeras do Cisp foram de grande valia para a identificação deste autor”, comenta o delegado da DH Fábio Barucke.

Mariana foi socorrida pela família e levada para um hospital particular em Icaraí, onde passou por uma cirurgia e segue internada em estado estável.
Violência.

No perímetro onde estão situadas a Avenida Sete de Setembro e a Rua Ministro Otávio Kelly, em Icaraí, moradores já haviam denunciado que bandidos estariam atacando motoristas – algumas ocorrências em plena luz do dia – e fizeram um apelo para que a PM deslocasse e mantivesse na esquina uma viatura para inibir a ação dos bandidos. No entanto, quando os agentes estão no local, os bandidos migram para outras partes do bairro, sempre fortemente armados. Entre os meses de março e abril, de acordo com os dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), foram registradas, respectivamente, 52 e 84 ocorrências de roubos de veículos. Os roubos a transeuntes tiveram incidência de 135 ocorrências em março e 104 em abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × dois =