Quissamã sofre com as chuvas fortes

A Prefeitura do município de Quissamã montou uma frente de trabalho especial para atender as demandas provocadas pelas fortes chuvas que atingiram o município nos últimos dias. As equipes da Secretaria de Obras, Serviços Públicos e Urbanismo deram sequência às ações em áreas mais alagadas. A Assistência Social percorre os locais mais atingidos e mantém equipe fixa no CRAS do Sítio Quissamã, em Santa Catarina, e na Casa Social da Penha, enquanto a Defesa Civil prioriza os casos emergenciais.

Ontem caminhões e funcionários da secretaria de Obras realizaram intervenções nos bairros de Piteiras e Caxias. Além das equipes fixas no Sítio e na Penha, assistentes sociais estão fazendo levantamento junto às famílias mais prejudicadas pelas chuvas. Como suporte para todas as ações, a secretaria de Educação preparou uma base de apoio no Ciep Dr. Amílcar Pereira da Silva.

O coordenador da Defesa Civil Municipal, Marcos Alves, falou do trabalho feito. “As situações surgiram em pontos diversos e atuamos em parceria com a secretaria de Obras durante toda a madrugada. Não há registro de desabrigados e seguimos atentos ao quadro. Quatro caminhões ‘suga-tudo’ estão sendo utilizados pelas equipes nas ruas”, destacou.

O secretário municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca, Luiz Carlos Fonseca Lopes, ressaltou que as chuvas registradas no município em dezembro representaram um terço do que era previsto para o ano todo. “Os brejos e restingas estão bastante encharcados e a situação complica com novas chuvas. Foram 300 milímetros só no último mês”, frisou.

A prefeita Fátima Pacheco e o vice-prefeito Marcelo Batista acompanham toda a situação. “Nossas equipes seguem nas ruas, percorrendo os bairros. Estamos de plantão permanente com a Defesa Civil Municipal e a Guarda Municipal, além das secretarias de Obras, Saúde, Assistência Social e outras, mobilizados para atender a todos que foram impactados com as fortes chuvas”, disse a prefeita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 4 =