‘Quero que ele pague pelo que fez’, diz mãe de jovem morta no Plaza

Acontece, na tarde desta segunda-feira (2), a primeira audiência de instrução do processo referente ao homicídio da jovem Vitórya Melissa Mota, de 22 anos. A estudante foi morta pelo colega de curso de técnico de enfermagem, Matheus dos Santos da Silva, de 21, no dia 2 de junho, na praça de alimentação do Plaza Shopping, no Centro de Niterói.

A mãe da jovem, Márcia Maria Mota, está presente para acompanhar a audiência, no Fórum de Niterói. Ela afirmou que está, desde o dia do crime, vivendo sob efeito de calmantes. Ela também disse desejar por justiça.

“Eu estou sofrendo muito. Estou com muita dor na alma. Eu quero que ele seja julgado e pague pelo que ele fez”, disse Márcia, que se emocionou ao recordar da filha. De acordo com a mãe, Vitórya era estudiosa, falava três idiomas e tinha o sonho de ajudar a família.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.