Quatro pessoas presas por roubo de carga em Niterói

Wellington Serrano –

Quatro pessoas foram presas com quase 700 pacotes de cigarro contrabandeados em Niterói. A captura da quadrilha foi apresentada em coletiva de imprensa realizada na tarde de ontem pelo comandante do 12º BPM, coronel Márcio dos Santos Guimarães, que estava acompanhado do secretário de Ordem Pública (Seop), coronel Gilson Chagas; e do 4º Comando de Policiamento de Área do Estado Maior e do comandante da Guarda Municipal de Niterói, Leandro Nunes.

As investigações iniciaram pelo setor de inteligência do 12º BPM. De acordo com a polícia,
um grupo de marginais que comandava o comércio de cigarros pelo Centro, inclusive em bancas de jornais pela Avenida Amaral Peixoto e a Rua Visconde de Uruguai, estava sendo investigado e, com a integração das forças de segurança, a ação criminosa que estava iniciando foi coibida.
O coronel Márcio Guimarães descartou o fato da ação estar ligada à atuação de milícia na cidade. “Simplesmente são oportunistas sem noção que estavam forçando uma barra pra que os comerciantes vendessem os cigarros contrabandeados, mas acabamos com esse problema. Essa ação em conjunto com a prefeitura será uma tônica do nosso comando e vamos atacar agora a receptação de celulares que são comercializados também na cidade”, revelou o comandante.

Segundo o coronel Chagas, a operação integrada começa a dar frutos. “Tem surgido na cidade a comercialização de produtos contrabandeados, principalmente de cigarros, mas a partir desta operação nós demos um corte nesta quadrilha e encaminhamos os presos que serão ouvidos e indiciados pela polícia federal”, afirmou.
Chagas disse que vai aumentar a fiscalização em cima dos ambulantes. “Os que são cadastrados nem comercializam esse tipo de produto. Mas, se encontrarmos serão indiciados sob pena de cassação da licença”, disse.

Prisões – Segundo o comandante da guarda, os suspeitos foram presos transportando a carga e nos pontos de venda na madrugada de ontem. “Acreditamos que a polícia federal de posse das anotações de venda e deste material terá uma quantidade maior de elementos para fazer esse inquérito policial para um corte definitivo desta situação”, disse Leandro Nunes.
Além dos fardos de materiais que estavam sendo comercializados, a polícia também encontrou um veículo, onde estavam armazenados os cigarros que haviam sido roubados supostamente em São Gonçalo. As cargas tinham quase 700 pacotes supostamente contrabandeados. Todos os presos foram encaminhados a Polícia Federal e devem ser indiciados por associação criminosa. Eles também responderão por roubo de carga.

SerrãoApós serem acionados pela sala de monitoramento do 12º BPM (Niterói), que captou imagens de câmeras de monitoramento da Associação Viver Bem, de caminhão com carga de carnes sendo roubado na cidade, policiais militares conseguiram recuperar o veículo, a carga, e libertar duas vítimas que eram mantidas como reféns, na manhã de ontem. O fato teria ocorrido por volta das 9 horas.
De acordo com o informe, o motorista do caminhão e seu ajudante foram rendidos e mantidos como reféns por criminosos na Rua Noronha Torrezão, no limite entre os bairros de Santa Rosa (Zona Sul) e Cubango (Zona Norte). As vítimas, que tiveram a identificação preservada, foram obrigadas a seguir como reféns para a comunidade do Serrão, no Cubango, e a carga seria saqueada, quando os policiais passaram a perseguir os criminosos.

De acordo com informações, um cerco foi montado com guarnições do Caramujo e Patamo Estado, entre outras guarnições, o que obrigou os marginais, possivelmente também ligados ao tráfico, a fugirem por uma área de mata, abandonando o caminhão com a carga e as vítimas, que foram libertadas. A PM ainda passou parte da manhã vasculhando a comunidade do Serrão com objetivo de localizar e prender os acusados. O registro da ocorrência foi realizado na 76ª DP (Centro/Niterói).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 2 =