Quase 6 mil niteroienses estão com as vacinas atrasadas

Mesmo com a situação da pandemia em Niterói estar sob controle, com redução considerável nas ocupações de UTIs e enfermarias nos hospitais públicos e particulares, tem gente em Niterói que não está fazendo a sua parte no combate à Covid. Isso porque 5.766 moradores não foram aos postos tomar a segunda dose. Há duas semanas, esse número estava na faixa de quatro mil.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, entre as estratégias para incentivar a população a retornar para a segunda dose estão a busca ativa de pacientes cadastrados pelo Programa Médico de Família, agendamento e notificação sobre a vacinação pelo aplicativo Colab e campanhas nas redes sociais e no mobiliário urbano da cidade.

Atualmente, o indicador síntese está em 6,5, que é um dos patamares mais baixos. Além disso, Niterói se encontra com uma cobertura vacinal de 75% de aplicação da primeira dose do público vacinável e 28% da segunda dose. Ambos os fatores somados à queda na ocupação hospitalar permitiram a flexibilização de alguma medidas, como volta de música ao vivo em restaurantes e a reabertura de praças, desde que limitadas a 30% da movimentação do público.

Em live feita na página oficial da prefeitura no Facebook feita na quinta-feira (8), Axel Gral comemorou as recentes conquistas, mas alertou que a população não pode relaxar nos cuidados sanitários.

“Avançamos muito na vacinação e conseguimos reduzir o indicador síntese, mas é importante lembrar que a pandemia não acabou. As notícias são boas, mas não deixem de usar máscara e evitar aglomeração”, declarou Axel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − oito =