Morre vítima baleada há seis meses durante confronto no Fonseca

Baleada na cabeça, durante um confronto e perseguição no dia 11 de abril desse ano, no Fonseca, na Zona Norte de Niterói, faleceu na tarde de ontem a vendedora Luanna Barbosa Vasconcelos, de 22 anos. Inicialmente, após se recuperar do greve ferimento, e ela tinha voltado a ser internada no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no mês de setembro, em decorrência de complicações pós-operatórias.

Segundo parentes, Luana voltou a ser internada depois de queixar-se de fortes dores de cabeça e também sofrer convulsões, por isso teria sido submetida a uma outra intervenção cirúrgica. Infelizmente, dias depois Luanna não teria resistido a uma hemorragia cerebral. O sepultamento da vítima está previsto para a tarde de hoje, no Cemitério Confraria Nossa Senhora da Conceição, no Barreto.

Na manhã do dia 11 de abril moradores, motoristas, e pedestres que passavam, pela Zona Norte de Niterói presenciaram cenas que dificilmente vão esquecer. Uma perseguição seguida de confronto da polícia com bandidos deixou o saldo de três mortos e outras três pessoas feridas, sendo dois pedestres – a jovem Luanna, (atingida na cabeça) e uma idosa, de 79 anos (baleada na perna) – além de um policial. Os dois últimos teriam sido atingidos de raspão. Na ocasião, o comandante do 12º BPM, coronel Sylvio Guerra, afirmou que “as vítimas não foram atingidas por balas perdidas”, e que os marginais atiraram a esmo e balearam as pessoas, para assim tentarem escapar em meio a perseguição policial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *