Quarta edição do Baobab comemora o movimento Black Rio

Após o sucesso das três primeiras edições, já é notório que curtir uma tarde agradável na companhia de amigos, comendo, bebendo e tendo a oportunidade de adquirir produtos de alta qualidade e bom gosto mostra que o Baobab Reduto Afro Cultural de Niterói já está se tornando um ponto de referência na cidade sorriso. A iniciativa pioneira está ganhando cada vez mais espaço e força junto aos afroempreendedores, artistas e visitantes de todas as partes da cidade, e, no mês de novembro, apresenta mais uma edição no dia 12, a partir das 13h, no Centro da cidade.
E a quarta edição será muito especial. Como já é de costume, em cada evento o reduto faz uma homenagem a uma personalidade negra, mas no mês da consciência negra, o reduto fará uma grande homenagem ao Movimento Black Rio, que neste ano completa 40 anos. Representando o movimento, o BAOBAB irá receber ícones do movimento Black: Dafé, Don Filó e Gerson King Combo com participação especial de Arthur Maia, Secretário de Cultura de Niterói.

O movimento Black Rio é o responsável pelos primeiros bailes de Black Soul, em bairros do subúrbio carioca. O Black Rio buscava através de uma nova expressão de comportamento e de costumes, uma afirmação do orgulho negro, contra o preconceito racial e totalmente a favor da dança e da música como formas de libertação. Em meados da década de 1970 os bailes começaram a sair dos subúrbios alcançando outros pontos da cidade e concentrando mais de 10 mil pessoas por evento. Dessa forma influenciou toda uma geração de artistas promovendo a mistura entre o samba e a MPB com elementos do soul norte-americano.

Outro que também será homenageado é o Secretário de Cultura e músico Arthur Maia. Dono de um currículo de dar inveja, Arthur já realizou trabalhos com grandes nomes da MPB, como Martinho da Vila, Luiz Melodia, Lulu Santos, Lobão, Marina, Djavan, Ney Matogrosso, Ivan Lins e Gilberto Gil, entre outros. Uma das grandes atrações do reduto afro, ​é ​o restaurante a céu aberto ​que ​conta com um cardápio diversificado, para agradar todos os gostos e paladares, desde acarajé, vatapá, caruru, ​ bobó, feijão tropeiro, caldos, churrasco, feijoada, ​saladas e sanduíches, ​além​ ​de doces variados.

Novamente a literatura ganha espaço em mais uma edição do BAOBAB. Desta vez, o reduto realizará o lançamento do livro “Escravas, madraças corânicas: Leitura, escrita e geomancia Malê no Império do Brasil”, da escritora Priscilla Leal Mello – Editora Intertexto. Baobab Reduto Afro Cultural de Niterói é uma iniciativa da Kades Produções e Eventos e Inac-Ingá Núcleo de Ação Comunitária com o apoio da CEPPIR Niterói.
A classificação etária é livre, a entrada é gratuita e o espaço fica na Rua Visconde de Sepetiba, ao lado da faculdade Universo, no Centro de Niterói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 15 =