Quando a internet não se sobrepõe ao tradicional

Nem a internet foi capaz de acabar com o livro e os amantes da boa leitura comemoraram neste domingo (29) um dia dedicado às histórias contadas neles. Carlos Mônaco, dono da tradicional Livraria Ideal, no Centro de Niterói, é um desses defensores. “O papel tem o seu valor e sempre terá. Muitos vão migrar para ler no computador, mas nada melhor do que pegar o livro e ler. Isso é cultural e um hábito que deve ser cultivado nas famílias. Na livraria muitos jovens vão procurar por exemplares e isso não deve morrer”, comentou o livreiro, que tem mais de 60 anos trabalhando no mesmo lugar.

Débora Sader - Fotos Divulgação (1)

Apesar do livro digital ser uma boa alternativa em termos de espaço físico, comodidade e preço, o livro impresso tem a sua importância. “Eu, particularmente, gosto de segurar um livro para ler, apreciar a capa, as páginas, sentir o cheirinho de um livro novo, colecionar exemplares, olhar para eles na estante e me recordar das histórias que li. Para quem escreve, o livro em papel é a materialização de um sonho; e para quem lê, é a materialização de mais um universo a ser apresentado, de mais uma história a ser lida”, explicou a escritora Débora Sader, 32 anos.

Na Biblioteca Parque de Niterói, localizada na Praça da República, no Centro, muitos estudantes passam por lá para estudar e fazer trabalhos. É o caso do Thiago Silva, de 15 anos, que, junto com os amigos Danilson Alves e Allan Ribeiro, de 16 e 13 anos, optam pelo sossego da biblioteca na hora dos estudos. “Eu gosto desse ambiente, é calmo e temos acesso aos livros nas estantes. Além disso também temos a internet que nos ajuda muito”, finalizou.

HISTÓRIA DA DATA
Segundo o Portal Brasil, o Dia Nacional do Livro é uma homenagem à fundação da Biblioteca Nacional do Brasil em 1810. A Biblioteca fica na cidade do Rio de Janeiro e é considerada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) uma das dez maiores bibliotecas nacionais do mundo e também a maior biblioteca da América Latina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *