Quadrilha da Região Oceânica tinha ‘horta’ de maconha

Dando continuidade ao trabalho de desarticulação da quadrilha que agia na Região Oceânica de Niterói, policiais da 81ª DP (Itaipu) foram ontem até a Rua Estela Duval, em Jacarepaguá, no Rio, onde prenderam Gustavo Mendes Dionysio, de 33 anos, por infringir a lei de drogas. O acusado cultivava cerca de 50 pés de maconha com direito a luz artificial para incentivar o desenvolvimento das plantas. A “horta” foi encontrada pelos policiais no terreno em uma casinha de brinquedo feita de madeira.

Os policiais já haviam capturado no mesmo dia por volta das 6h Gustavo Cruz Moutinho Prado, de 30 anos. Ele foi encontrado em um quitinete na favela do Horto. De acordo com os policiais do setor de inteligência da delegacia, Gustavo junto de Igor Concidera Fonseca, de 31 anos, comercializava entre pessoas de classe média a alta, drogas vindas das favelas Nova Holanda e Maré, no Rio de Janeiro, além de vender os entorpecentes para comunidades da região oceânica de Niterói.

Igor foi preso pelos policiais da 81ª DP (Itaipu) no último sábado na casa de uma tia na Rua Vinícius de Moraes, em Jardim Campomar, Rio das Ostras, e atualmente se encontra à disposição da justiça.

O que chamou a atenção dos agentes foi a boa situação financeira das famílias dos acusados e sem histórico de criminosos. Em uma diligência anterior realizada pelos policiais, Igor chegou a escapar, porém foi apreendida uma carga de maconha na casa dele em Itacoatiara.Contra o trio foram emitidos mandados de prisão preventiva por infrações as leis de drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − seis =