PTB desiste da candidatura de Cristiane Brasil para concorrer nas eleições para prefeitura do Rio

O PTB vai alterar a cabeça de chapa visando as eleições municipais, retirando a candidatura da ex-deputada federal Cristiane Brasil, para concorrer a prefeitura do Rio. Filha do presidente nacional do partido e ex-deputado federal Roberto Jefferson, ela está presa desde o dia 11. A decisão foi tomada após a Justiça mantê-la em prisão preventiva, acusada de envolvimento num esquema de fraudes, na área de Assistência Social.

Agora, no entanto, sabendo que dificilmente ela poderá sair da prisão e participar da campanha, a sigla optou por lançar Fernando Bicudo, que seria o vice de Cristiane. Ele é ex-diretor do Teatro Municipal do Rio. Até então, a legenda mantinha a candidatura dela, que não teria impedimento legal de concorrer. A Lei da Ficha Limpa só prevê a proibição para condenados por órgão colegiado, o que não é o caso da filha de Roberto Jefferson.

De acordo com as investigações que resultaram na Operação Catarata e na prisão de Cristiane Brasil, os desvios na Fundação Leão XIII, órgão ligado ao Estado, teriam chegado a R$ 120 milhões, segundo denúncia do Ministério Público (MP). Cristiane é acusada de envolvimento com o esquema quando era secretária municipal de Envelhecimento Saudável. Ela nega as acusações e se diz vítima de perseguição política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 9 =