PSL lança pré candidato a prefeito de Niterói

O delegado de Polícia Federal Deuler da Rocha Gonçalves Júnior, do PSL, lançou na segunda-feira (20) sua pré candidatura à Prefeitura de Niterói. O evento ocorreu em um restaurante em Pendotiba e contou com a presença de deputados e pré candidatos a vereador. Deuler afirmou que sua campanha será feita com a marca da felicidade.

O pré candidato agradeceu o acolhimento do partido. Ele revelou sua principal plataforma de governo. “É fundamental a questão da mobilidade urbana. É o maior tormento do município. Não aguentamos mais tantos problemas. Nós vamos modificar Niterói”, disse.

O pré candidato prometeu também um forte investimento em Educação. O representante do PSL tem como meta reduzir a evasão escolar.

“Conversei com professoras e perguntei a elas como atrair os alunos de 13, 14 anos para a escola. A partir dessa conversa implementarei uma Educação que irá englobar Esporte e Cultura. Queremos em Niterói uma Educação integral. A evasão escolar é uma barbaridade”, afirmou.

Uma das metas de Deuler é colocar na estrutura educacional o ensino profissionalizante, visando os jovens carentes.

“Nossa grande preocupação é dar aos jovens, principalmente os das comunidades, uma oportunidade de ter uma profissão. Hoje, o crime organizado dá essa oportunidade de trabalho que Niterói não dá”, que afirmou que o ensino profissionalizante é o caminho para dar esperança a estes jovens. “Conheço todas as comunidades, sei da realidade que os jovens vivem. Se eles tiverem uma chance de mudar suas vidas através de uma profissão eles não irão para o tráfico” .

O orçamento participativo também está entre as pretensões do pré candidato para mudar o modelo de gestão pública.

“A direita tradicionalmente não gosta de orçamento participativo. Mas faremos um de verdade. Vamos aos bairros e pedir aconselhamento sobre como investir em determidada região. Não vai ter nada errado, será tudo transparente”, declarou.

O delegado e agora postulante à prefeitura afirmou que, caso eleito, não se sentirá prefeito.

“Decidi ser prefeito para devolver tudo que a cidade me deu. Estudei aqui, fui atleta aqui. Temos diretrizes claras. Não posso ficar preso a ideologias. Por isso, quero ser o síndico de Niterói. Servirei para resolver os problemas da cidade”, disse.

Deuler da Rocha Gonçalves Junior tem 56 anos e é delegado de Polícia Federal há 24 anos, sendo os seis últimos na delegacia de Niteró. Foi superintendente da PF no Amazas e no Amapá, e chefiou o Conselho de Segurança do Meio Norte, a Interpol e as delegacias de Repressão a Entorpecentes, de Crime Organizado e Inquéritos Policiais, de Crimes Contra o Meio Ambiente, Patrimônio Histórico e Cultural, e Marítima, Aérea e de Fronteira. Ele é formado em Direito pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e abriu seu próprio escritório de advocacia após se formar. Ocupou ainda o cargo de técnico processual na Procuradoria da República, para o qual também passou por concurso público antes de ir para a PF. Fez vários cursos, como na Polícia Francesa (Brevet A.E.F.) e na Espanha (Observador de Missões de Paz da ONU).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 7 =