Protesto reúne manifestantes pela morte de jovem vendedor de balas

Um grupo de manifestantes se reuniu na tarde desta terça-feira em frente a estação das barcas. A manifestação é pela morte do vendedor de balas Hiago Macedo, assassinado na última segunda-feira. Os familiares do jovem também estiveram presente. Com cartazes, eles se reuniram em frente as cabines de venda de bilhetes, local onde aconteceu o fato e gritavam por justiça. Integrantes de partidos políticos e de movimentos estudantis também participaram do ato.

Recordando

O vendedor de balas Hiago Santos, de 21 anos, foi morto com um tiro, no começo da tarde da última segunda-feira (14), em frente à Estação das Barcas, no Centro de Niterói. O principal suspeito do crime é um policial que estava à paisana, passando pelo local. Acusado e vítima teriam discutido antes do crime. O suspeito, que não teve o nome revelado, foi preso em flagrante e a arma usada no crime apreendida. Familiares fizeram manifestações e acusaram o autor do crime de racismo.

O policial militar acusado de matar o vendedor de doces Hiago Macedo, de 21 anos, vai responder por homicídio doloso. A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG) optou pelo indiciamento por homicídio doloso por motivo torpe após verificar as gravações das imagens de câmeras de segurança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.