Protesto da educação é convocado para hoje

Pedro Conforte –

Um protesto pela educação está marcado para acontecer hoje em todo o país. Em Niterói, as atividades começam logo no início da tarde, com uma aula pública na praça da Cantareira, em frente ao campus da Universidade Federal Fluminense (UFF), no bairro do Gragoatá. Logo após, o grupo se dirige para o Rio de Janeiro, onde se une a outros grupos para um ato no Centro da cidade. O ato é contra os cortes orçamentários e o projeto Future-se. Na última semana, o Governo Federal liberou metade da verba que estava retida desde abril.

Ontem houve início da mobilização, mas nem todos os cursos tiveram suas aulas suspensas. Docentes, funcionários e alunos decidiram fazer parte da chamada ‘Greve Nacional de 48 horas’, após reunião entre membros do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sintuff), Diretório Central dos Estudantes (DCE) e da Associação dos Docentes (Aduff).

Parte do movimento ganhou as ruas ontem, com o UFF nas Praças, onde alunos e professores mostram a população os projetos desenvolvidos na instituição. Também houve um debate no final da tarde dentro do campus Gragoatá, organizado por alunos. Além da unidade de Niterói, houve atos em praticamente todos os campi, tanto em Campos, Macaé, Rio das Ostras, Volta Redonda, Angra dos Reis e Friburgo.

O principal ato está marcado para acontecer hoje na Candelária, no Centro do Rio de Janeiro. Servidores, professores e estudantes de diversas universidades do país já anunciaram que irão aderir à paralisação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *