Prorrogado prazo para entrega de projetos para orla de Charitas

A Prefeitura de Niterói prorrogou para o dia 18 de junho o prazo da entrega das propostas de projeto do concurso para a requalificação da orla de Charitas. As inscrições seguem abertas até 6 de junho e a divulgação do resultado será divulgado em 22 de julho. O objetivo é transformar o trecho entre a Praça Radio Amador e o Clube Naval em um grande parque linear. O concurso público nacional para a escolha do projeto foi lançado no dia 22 de abril por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Niterói e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB).

Para o secretário municipal de Urbanismo, Renato Barandier, a decisão prolongar o prazo em uma semana para a entrega das propostas se deu por conta de questões operacionais em virtude da pandemia.

“Tivemos que adiar a visita técnica em uma semana e, achamos melhor estender o prazo de entrega das propostas também para que isso não prejudicasse a qualidade dos trabalhos, afinal de contas, o que mais estamos buscamos é que as propostas venham com a melhor qualidade possível. E cada dia a mais que colocamos para a entrega, a gente entende que pode ser importante no ganho de qualidade dessas propostas”, diz.

A requalificação da orla foi concebida no Plano Diretor, que está elaborando o Programa de Requalificação Urbana das Praias da Baía da Guanabara. A orla de Charitas é, atualmente, o espaço com a maior diversidade de vocações da cidade. Além de ser um projeto que vai transformar a orla do ponto de vista urbanístico, este projeto está diretamente ligado ao desenvolvimento econômico da região, que tem muitos bares e restaurantes, além de representar mais um incentivo para o turismo da cidade, gerando renda e oportunidades de trabalho.

“É nesse contexto que a Prefeitura de Niterói busca trazer arquitetos e urbanistas de todo o Brasil para pensar e discutir a orla de Charitas como um espaço estruturador da cidade e de importância estratégica para a saúde, encontro, esporte, lazer, turismo, transporte e desenvolvimento social da população de Niterói. Além disso, a pandemia de Covid-19 veio mostrar a importância fundamental dos espaços públicos abertos para a saúde e bem-estar social”, ressalta Renato Barandier.

Responsável pela articulação geral da presidência compartilhada do IAB/RJ, que ocupa atualmente junto com sete colegas do coletivo Oxigena, Igor de Vetyemy, que também é Comissário Geral do 27º Congresso Mundial de Arquitetos UIA2021RIO, reforça a importância dos concursos públicos para a conquista de cidades mais democráticas. Para ele, o concurso público de projeto é a ferramenta mais democrática com que contamos para construir uma cidade melhor para todas e todos.

“O concurso democratiza o acesso de um número enorme de arquitetos a projetos que de outra maneira não teriam oportunidade de aspirar. Além disso, é o processo que melhor pode garantir uma construção inovadora de nossas cidades, porque garante as mentes mais inspiradas do país, debruçadas sobre um problema real, com impacto real na vida das pessoas, e um júri qualificado analisando um grande número de soluções possíveis e escolhendo, criteriosamente, a que mais benefícios pode trazer à população”, enfatiza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.