Promotor niteroiense será o novo procurador-geral de Justiça do Estado

O promotor de Niterói, Luciano Oliveira Mattos de Souza foi o mais votado entre promotores e procuradores do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e foi escolhido pelo governador em exercício Cláudio Castro, para ser o novo procurador-geral de Justiça do estado. Castro seguiu a tradição e escolheu o mais votado na lista-tríplice.

“Recebi nos últimos dias os três integrantes da lista tríplice eleita pelo Ministério Público Estadual e decidi nomear como novo procurador-geral de Justiça o dr. Luciano Mattos, nome mais votado entre seus pares”, postou Castro em uma rede social.

O niteroiense Luciano Mattos obteve 546 votos na eleição que aconteceu em 11 de dezembro. O nome dos três mais votados foi levado para o governador que escolheu o mais votado.

O promotor já atuou em defesa do Meio Ambiente em Niterói,onde conseguiu fechar o lixão do Caramujo e recentemente conseguiu que a Prefeitura fiscalize motos que circulam com descargas abertas. Ele é cidadão honorário de Rio Bonito, de Cabo Frio e de Arraial do Cabo.

Mattos ingressou no Ministério Público em 1995. Sua primeira titularidade foi em São João da Barra, em 1997. Em Cabo Frio fez história de 97 até 2003. Em ações de repercussão nacional, conseguiu paralisar a atividades de 23 grandes empresas de mineração que operavam no 2º Distrito (Tamoios) promovendo uma enorme degradação ambiental. Depois disso ele foi removido para a Central de Inquéritos, no Rio, até assumir a Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Meio Ambiente de Niterói.

Durante seis anos, eleito pelos colegas, comandou a Associação do Ministério Público (AMPERJ), com duas reeleições, antes de voltar à promotoria de Niterói. Na AMPERJ, entre outras conquistas, lutou contra a PEC 37, que tirava poderes do MP.

O novo procurador-geral de Justiça tomará posse em sessão solene do Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça, prevista para acontecer no próximo dia 15, e exercerá mandato de dois anos, de 15 de janeiro de 2021 a 14 de janeiro de 2023.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 5 =