Projeto tirou mais de duas toneladas de resíduos da Lagoa de Guarapina

A Coordenadoria de Pesca Esportiva e Amadora de Maricá realizou neste sábado (15/5), na lagoa de Guarapina, a primeira ação do projeto Praia+Limpa. O objetivo da ação é recolher o lixo deixado por banhistas em trechos de praias e também lagoas de toda a cidade, além de restos de entulho no entorno. No sábado o trecho escolhido foi na altura da Rua 137, entre os bairros de Cordeirinho e Ponta Negra. Ao todo foram recolhidas mais de 2 toneladas de resíduos sólidos. Houve ainda no local a instalação de lixeiras e também o plantio de mudas de espécies da Mata Atlântica, como aroeira, algodão da praia e ipê rosa. .O canal de Ponta Negra e a praia da Sacristia estão no cronograma para a limpeza, mas sem datas definidas.

“Era o que nós esperávamos recolher nesta ação, que foi a primeira de muitas que iremos realizar nas lagoas e praias. Como fizemos nesta, queremos reunir pessoas que visam a manutenção do meio ambiente. Faço um apelo aqui a quem for visitar nossos espaços de lazer que recolha seu lixo para descartar da forma correta, nas lixeiras como as que estamos instalando aqui. Nossa meta é chegar a 30 toneladas recolhidas neste locais”, projetou Anderson Pacheco, coordenador do projeto.

A Prefeitura de Maricá informou que para a retirada do entulho, foram utilizados quatro caminhões e uma máquina retroescavadeira. A maior parte dessa quantidade (cerca de 1,8 tonelada) foi retirada de dentro das águas da lagoa, com a ajuda de três barcos de pesca e dois caiaques. Para a retirada do entulho, foram utilizados quatro caminhões e uma máquina retroescavadeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + 8 =