Projeto que concede adicional de insalubridade à Guarda Municipal deve ser votado na próxima semana

Alan Bittencourt

Na próxima semana, os servidores públicos da Guarda Municipal aguardam com grande expectativa a votação do Projeto de Lei 217/2020, de autoria do vereador Luiz Carlos Gallo (Cidadania). O texto concede 40% de gratificação por insalubridade durante a pandemia da Covid-19.

A matéria deveria ter sido votada pelos vereadores na útima quinta-feira (12). Porém, há um veto do prefeito Rodrigo Neves que precisa ser votado pelos vereadores. Enquanto este veto não for apreciado, toda a pauta da Casa fica trancada.

O Artigo 76 do Estatuto da Guarda Municipal de Niterói fala que os guardas que as atividades que possam ser insalubres diz que pode ganhar gratificações de nivéis pequenos, médio e grande: 10%, 20% e 40%.

Autor do projeto, Gallo reclamou que a pauta está trancada há um mês e também da falta de quórum para a votação das matérias.

“Independentemente de estarmos em campanha ou não, nós vereadores temos a responsabilidade de votar os projetos de interesse da população de Niterói”, disse.

“O projeto visa que todos os guardas recebam a gratificação. A Guarda Municipal não parou durante a pandemia. Tivemos guardas entubados. Perdemos três companheiros com Covid que estavam na linha de frente. É uma corporação que orgulha a cidade de Niterói”, declarou Gallo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 6 =