Águas de Niterói faz ação comunitária em Jurujuba

Até o dia 15 de novembro a concessionária Águas de Niterói estará percorrendo as centenas de casas do bairro Jurujuba, parte do projeto Comunidade Legal. A intenção é oferecer serviços comerciais aos clientes tais como troca de titularidade, instalação de hidrômetros, negociação de dívidas e inclusão de tarifa social. Os agentes da empresa estão desde 28 de janeiro na ação que está sendo celebrada pela comunidade.

Para o diretor jurídico da Federação das Associações de Moradores de Niterói (Famnit), Adriano Felício, o projeto é interessante e oferece oportunidade para as pessoas, principalmente, se regularizarem. “As pessoas terem a própria conta de água, dentro de uma cota que se possa pagar, e ter um comprovante de residência, está atrelado de dignidade. O projeto visa, além de levar água legalmente dentro da casa das pessoas, diminuir as perdas que a empresa tem. Outros serviços são feitos também e isso é ótimo. Ajuda a desenvolver a comunidade”, comemorou.

De acordo com a Águas de Niterói o projeto tem como objetivo estreitar cada vez mais a relação da empresa com as comunidades, tirando dúvidas, atendendo solicitações e fazendo atualização cadastral dos clientes para manter uma base de dados confiável. Devido à pandemia da Covid-19, a forma de atuação do projeto precisou ser adaptada, a fim de evitar aglomerações. Está sendo realizado em um novo modelo, com atendimento na porta da casa do cliente, respeitando todos os protocolos de segurança e higienização para garantir a segurança de todos, inclusive dos colaboradores.

“O Projeto oferece serviço igualitário onde, a partir das nossas ações, o cliente passa a ter mais acesso aos serviços comerciais, bem como aos canais de relacionamento. É gratificante atuar em um projeto que proporciona a inclusão social e gera uma parceria ainda maior entre as comunidades e a concessionária”, explicou Ana Carolina Mercês, Analista Comercial da Águas de Niterói.

O vereador Andrigo Carvalho (Solidariedade) também comentou o feito na região e lembrou os problemas antigos. “O bairro tem um problema crônico de água e os moradores sempre tiveram uma rotina dura de ligar bomba para terem água em suas casas. Em 2014 uma adutora foi destinada para abastecer somente a região e desde então esses problemas cessaram. Uma ação como essa ajuda a comunidade e a população passa a ter direitos. A regularização das contas é importante através de um compromisso feito mas dentro da possibilidade de pagamento da família. A comunidade de Jurujuba merece essa atenção”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 6 =