Projeções no MAC celebram o mês da primeira infância

As imagens têm por objetivo destacar a importância de ações que priorizem gestantes, bebês, crianças e cuidadores

Na noite deste domingo (29), o Museu de Arte Contemporânea (MAC) foi cenário de projeções que alertam para a importância de políticas públicas que priorizem gestantes, bebês, crianças e cuidadores. Niterói está entre as 10 cidades que participam de uma ação coletiva para marcar o mês da Primeira Infância, comemorado, pela primeira vez, no Brasil.

As cidades envolvidas nesta iniciativa fazem parte da Rede Urban95 Brasil, que reúne, atualmente, 24 municípios brasileiros. O objetivo é promover, desenvolver e fortalecer programas e políticas públicas voltadas ao bem-estar e qualidade de vida das crianças de 0 a 6 anos nas cidades brasileiras. A escolha de um mês específico reforça a mobilização da sociedade civil, a criação de políticas públicas e a visibilidade do tema.

A secretária do Escritório de Gestão de Projetos da Prefeitura de Niterói, Valéria Braga, reforça a importância do olhar de todos para o desenvolvimento das crianças.

“Estou bastante emocionada com as projeções por ver que a cidade, através do Mac, está abraçando as gestantes, a primeira infância e os seus cuidadores. O prefeito Axel Grael assumiu um compromisso com a primeira infância, que é um período fundamental para o desenvolvimento do ser humano. Tem que ser de forma integral com saúde e educação, mas também com atividades culturais, contato com a natureza, respirar um ar limpo, estar em contato com outras crianças e outras famílias com garantia de segurança e acessibilidade. A cidade tem que acolher esse público com todas as suas necessidades. Este mês da primeira infância é o momento de sensibilizarmos toda população porque é necessária uma cidade inteira para educar e promover um desenvolvimento sadio para uma criança”, avalia Valéria.

“Estou bastante emocionada com as projeções”, afirmou a secretária Valéria Braga

O projeto apoia os municípios na elaboração de diagnósticos locais sobre a experiência e o acesso do público infantil e seus cuidadores aos espaços urbanos, disponibilizando dados para embasar a construção de políticas públicas mais assertivas para a primeira infância e alinhadas a outras agendas estratégicas locais. A secretaria estratégica da rede, composta pela Fundação Bernard Van Leer e pelo Instituto Cidades Sustentáveis, oferece apoio técnico nos temas de urbanismo e mobilidade, com foco em crianças pequenas e seus cuidadores, além de uma consultoria para o aprimoramento de ações e políticas públicas na área.

Mais ações em Niterói

Niterói está desenvolvendo e ampliando uma série de iniciativas voltadas para promover mudança de comportamento no cuidado de crianças de 0 a 6 anos. Desde o dia 18 de agosto está no ar, via plataforma digital Colab, a consulta pública “Pé de Infância” voltada para os pais e pessoas que cuidam de crianças nesta faixa etária. A pesquisa pode ser acessada pelo link https://consultas.colab.re/pedeinfancia, até o dia 7 de setembro.

A pesquisa vai demonstrar como é a rotina destes pais e cuidadores para a elaboração de projetos voltados para público de 0 a 6 anos e, também, para as gestantes. São perguntas voltadas para o relacionamento com as crianças, locais preferidos para diversão e os tipos de brincadeiras preferidas, entre outras.


O projeto Pé de Infância foi desenhado com bases científicas e levando em conta cartografias afetivas das comunidades, participação de gestores dos municípios e participação de especialistas em Primeira Infância. A ideia foi criar uma caixa de ferramentas que ajude cuidadores de crianças pequenas a incluir três comportamentos fundamentais em suas rotinas: brincar, cantar e contar histórias diariamente durante a primeira infância.

A agenda de projeções começou no dia 22, em Brasília (DF). Na segunda (23), foi a vez de Campinas (SP); na quarta-feira, Jundiaí (SP); dia 25, em Caruaru (PE); dia 26 em Aracaju (SE); 27 em Fortaleza (CE) e 28 em Crato (CE). Neste domingo foi a vez de Niterói. Durante esta semana, as projeções acontecem em Pelotas (RS), no dia 30, e Brasiléia (AC), dia 31, que encerra o evento.

Fotos: Luciana Carneiro/Prefeitura de Niterói

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − catorze =