Programa Renda Básica Temporária pode ser prorrogado até dezembro

O prefeito Axel Grael informou agora que enviou a Câmara de Vereadores uma mensagem para que o programa Renda Básica Temporária seja prorrogado até dezembro deste ano. Mas só vai receber o benefício aqueles que estiverem vacinados pelo menos com a primeira dose, sem que a segunda esteja atrasada.

A medida, de acordo com o prefeito, tem como objetivo estender o pagamento do auxílio até que a cidade esteja com uma cobertura maior de pessoas imunizadas com a segunda dose da vacina contra a Covid-19. O chefe do Executivo lembrou que assumiu o compromisso com a população de Niterói em permanecer com os benefícios até a chegada da vacina, mas foi além e vem mantendo o pagamento dos auxílios mesmo no período de imunização avançado na cidade.

“Desde abril de 2020, de forma ininterrupta, o programa municipal beneficia com R$500 mensais as 50 mil famílias niteroienses que mais precisam. A programação inicial, compromisso que assumi durante a campanha eleitoral, era manter o benefício até a chegada da vacina. No entanto, diante da crise econômica e social que aflige o País, decidi manter o apoio aos que mais precisam até o fim deste ano. Trata-se de um esforço orçamentário para a Prefeitura de Niterói, que já investiu mais de R$ 1 bilhão no combate à pandemia. No entanto, não vamos deixar ninguém para trás. Nenhuma cidade brasileira fez o que Niterói está fazendo. E não vamos parar”, disse Axel.

Nos próximos dias, a prefeitura vai anunciar o programa de retomada da economia, que inclui a Moeda Social Arariboia e um pacote de ações para a geração de emprego e renda. “Não vamos poupar esforços para, juntos, superarmos este momento difícil”, disse Axel.

Analisando o valor total gasto por habitante nos programas municipais, Niterói já investiu até agora, em média, R$ 797,57 por habitante com o Renda Básica Temporária. Em comparação com outros municípios, Manaus aplica R$ 43,25; São Paulo, R$ 40,57; Goiânia, R$ 28,32; Salvador, R$ 22,86; e Rio de Janeiro, R$ 14,82.

Renda Básica Temporária – É um programa que contempla famílias em situação de vulnerabilidade social inscritas no CadÚnico e famílias de alunos da rede municipal de ensino, mesmo que não estejam inscritas no CadÚnico. Essas famílias recebem cartão que é recarregado todo mês com o valor de R$ 500 podendo ser usado em mercados e farmácias da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =