Profissionais de Educação decidem se entram em greve

O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro – núcleo Niterói (SEPE-Niterói), convocou para essa quinta-feira (30), às 18h, uma assembleia geral para que todos os profissionais de Educação do município votem se a categoria vai entrar em greve por conta da intenção da Prefeitura de Niterói, segundo o sindicato, de convocar profissionais de educação para trabalho presencial ainda no auge da pandemia da Covid-19. A reunião será à distância, através de uma plataforma digital online que será indicada no site do sindicato (www.seperj.org.br) e nas redes sociais.

De acordo com Marcela Almeida, coordenadora geral do SEPE-Niterói, a categoria já havia aprovado uma greve para os convocados para trabalho presencial ainda em maio, quando funcionários e equipes de apoio pedagógico foram chamados a retornar às escolas para trabalhos internos e distribuição de kits escolares. Ela reclamou da falta de diálogo com a Secretaria de Educação.

“O governo municipal, até o momento, não estabeleceu nenhum processo de negociação, mesmo após mais de 10 ofícios enviados pelo SEPE-Niterói, o que é um escândalo numa situação tão delicada como a pandemia”, afirmou Marcela.

A decisão de convocar a assembleia para decidir sobre a entitulada “Greve pela Vida” se dá, segundo a coordenadora geral, pela preocupação com a pandemia.

“Caso o número de contaminações e mortes pelo novo coronavírus permaneça alto, e caso o governo determine um retorno precipitado às aulas após 30 de agosto, o que envolveria milhares de educadores, estudantes e famílias, colocando-os em risco. A categoria pode entender então que será necessário ampliar uma greve em defesa da vida com os profissionais de educação, estudantes e famílias atingidos. As escolas não possuem condições mínimas para um retorno seguro neste momento”, declarou.

Para participar da assembleia – cuja primeira convocação é às 18h e a segunda, às 18h30 -, os profissionais de educação da rede municipal de Niterói deverão se inscrever no site do Sepe, enviando cópia e dados do RG ou documento oficial com foto, CPF e contracheque. A votação da proposta de deflagração ou não de greve em defesa da vida ocorrerá entre 20h30 e 22h.

A Prefeitura de Niterói não se pronunciou sobre a assembleia que pode decidir pela paralisação dos profissionais de educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × três =