Professora morre carbonizada enquanto dormia em Niterói

Uma mulher de 37 anos morreu carbonizada enquanto dormia, na manhã de ontem no Fonseca, em Niterói. O quarto que ela estava foi atingido por um incêndio, que ainda é apurado pela Polícia Civil. Sânia Bacellar morava na Rua Arlete de Andrade Marins, no bairro Riodades.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os militares foram acionados por volta das 6 horas para conterem o incêndio. A corporação informou que a causa das chamas ainda é desconhecida. A Polícia Civil realizou uma perícia no meio da manhã que deve precisar o que causou o incêndio.

O colchão que ela dormia foi consumido pelas chamas, mas a cama estava intacta. Além disso, por ser professora e advogada, muitos livros estavam em volta da cama, o que aumentou a velocidade que o incêndio se alastrou. Em uma primeira análise a suspeita é que o fogo tenha começado por conta de um cigarro. Mas até o laudo final ficar pronto, nenhuma possibilidade é descartada.

A casa onde a professora morreu tem dois andares e um terraço. Logo na garagem é possível ver carteiras e livros, uma vez que o espaço estava sendo preparado para se transformar em um projeto social sem fins lucrativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 12 =