‘Procurados’ oferece R$ 1 mil por paradeiro da acusada de tramar a morte do marido

O Portal dos Procurados divulgou ontem cartaz com recompensa de R$ 1 mil por informações que levem a captura de Rafaela Damas Ribeiro dos Santos, de 29 anos, a acusada de planejar a morte de seu marido, da Marinha Mercante, William Azelman Silva das Neves, de 30 anos, morto no dia 9 de agosto de 2015, com tiros na nuca, após a vítima sofrer uma suposta tentativa de assalto, na frente de sua mulher Rafaela, na Estrada do Capim Melado, na Região de Pendotiba, em Niterói. Várias evidências fizeram a polícia desconfiar do assalto. Câmeras de segurança registraram imagens do carro usado no crime rondando a residência do casal meia hora antes do assalto.

Após investigações diligenciadas pelo titular da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG), delegado Fábio Barucke, foi descoberto que Rafaela planejou a morte do marido, que foi executada pelo seu amante, o traficante Victor Marins Tavares Ribeiro, o Mete Bala, de 25 anos, o qual seria um dos chefes do tráfico de drogas na Grota do Surucucu, em São Francisco. Ele foi preso no mês de setembro.

Também durante as investigações foi verificado que a vitima, que trabalhava embarcada (Willian passava todo mês cerca de 15 dias embarcado), possuía dois seguros de vida em nome de Rafaela no valor de mais R$ 1 milhão cada, um deles tendo sido resgatado por ela logo após a morte do marido. Testemunhas relataram à polícia que Rafaela costumava frequentar os bailes funks patrocinados pelo tráfico de drogas na Grota do Surucucu, na sua ausência. Foi lá que ela teria se envolvido com assassino do seu marido e tramado o crime. Ainda segundo depoimentos, quando o oficial saía para trabalhar a esposa promovia festas na residência do casal, com a presença de moradores e traficantes da comunidade.

O delegado da Homicídios representou pela prisão de Rafaela Damas, que foi deferida pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio pelo crime de Homicídio Qualificado, com pedido de Prisão Preventiva. Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Rafaela Damas Ribeiro dos Santos pode denunciar pelo Whatsapp ou Telegram (21) 96802-1650; por mensagem inbox no Facebook dos Procurados, pelo Disque-Denúncia (21) 2253-1177 ou pelo aplicativo do órgão. O anonimato é garantido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − um =