Procon interdita padaria em Niterói por causa de baratas

Em mais uma etapa da Operação Pão na Chapa, o Procon vistoriou, ontem, 10 padarias em Niterói e no Méier, na Zona Norte do Rio. Uma das padarias de Niterói foi interditada e as demais autuadas pelos agentes da fiscalização. Foram descartados pouco mais de 41kg de produtos impróprios ao consumo.

A Padaria Biamar, localizada na Rua São João, 83, no Centro de Niterói, foi interditada pelos fiscais, que constataram a presença de baratas e moscas – inclusive sobre alimentos – e péssimas condições de higiene. Além disso, a padaria fazia uso de gás mesmo sem possuir a autorização dos Bombeiros. Não foram apresentados o Livro de Reclamações, o cartaz do Disque 180 – do combate à violência contra a mulher – nem o alvará de funcionamento e os certificados de dedetização, de potabilidade da água e do Corpo de Bombeiros. O estabelecimento também não informava ao consumidor sobre o fornecimento de água potável gratuita. Na cozinha, havia pisos quebrados, acúmulo de água no chão, ralos sem proteção e abertos, teto descascado com furo e acúmulo de gordura, fiação exposta, utensílios e maquinários sujos.

Na Padaria Milflores (Av. Feliciano Sodré, 79, no Centro) havia, sem especificação de validade, 1,6kg de gema de ovo pasteurizado, 2,3kg de salsicha, 698g de recheio de carne, 432g de linguiça calabresa. Também foram encontrados problemas estruturais, como janela sem proteção de tela, lixeiras sem tampa, dosador de água com sujeira.

Na Boutique do Pão (Rua da Conceição, 16, Centro) mais de 1kg de mortadela estava vencido e estavam sem especificação de validade 2,8kg de pontas de frios, 630g de margarina e 4kg de molho. Ralo estava quebrado e sem proteção na área de preparo da padaria; piso quebrado, prateleiras com ferrugem e acúmulo de água no piso da câmara frigorífica.

Na Padaria Santa Marta (Rua Mem de Sá, 150, Icaraí), os fiscais encontraram com validade vencida 900g de queijo minas, 1kg de coco flocado integral, 1kg de amendoim torrado e 600ml de molho. Além disso, 600g de queijo muçarela mofada estava junto a 300g de queijo prato fatiado. Bebidas e margarinas eram estocadas diretamente no chão.

Na Pão e Etc. (Rua Presidente João Pessoa, 137, Santa Rosa) havia 5kg de mistura para chipa vencida, assim como 2kg de frutas cristalizadas e 5kg de açúcar de confeiteiro. Problemas estruturais, como ralos não sifonados e sem tela de proteção, lixeira sem tampa, teto quebrado e com mofo e pedra da bancada de manipulação de alimentos rachada; piso rachado, prateleira com pontos de ferrugem, fiação exposta do motor do ar-condicionado da câmara resfriada; entrada do depósito com piso quebrado e armário enferrujado também foram verificados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *