Processo de rematrícula começará em novembro na rede estadual

Aline Balbino

O ano letivo não acabou ainda, mas é importante ficar atento ao período de rematrícula em escolas estaduais, municipais e particulares. O processo de renovação de matrícula na rede estadual de ensino será a partir do dia 9 de novembro até o dia 2 de dezembro, segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc). Nas escolas municipais, o processo de renovação de matrícula começou no último dia 7 e se encerra em 27 de outubro. Na Escola Municipal Paulo de Almeida Campos, na Rua Presidente Backer, em Icaraí, as rematrículas terminam hoje. Foram apenas quatro dias de renovação. Em Itaboraí, a renovação de matrícula ainda está no processo de organização e testes. Ela será realizada pela internet, mas ainda não está disponível. Em São Gonçalo também não há data para renovação. Em Maricá, a Secretaria de Educação aguarda a publicação de uma resolução para definir o início do processo de renovação das matrículas.
Os colégios particulares começarão o processo de rematrícula apenas em dezembro. Mas, os papais que quiserem “chorar” um desconto já podem procurar a unidade. A fisioterapeuta Fernanda Assis, de 37 anos, informou que negociará com as escolas dos dois filhos para manter o valor de mensalidade. Algumas unidades já estão se preparando para encaminhar avisos aos pais informando o processo.
“Está difícil pagar escola. Os valores estão crescendo muito. Ainda não começou o processo pra renovação. Mas, vou esperar e negociar uns descontos”, disse.

Como se matricular na rede estadual
Para alunos novos que pretendem ingressar na rede estadual, o período da 1ª fase das pré-matrículas será 17 de novembro a 18 de dezembro, pelo site Matrícula Fácil (www.matriculafacil.rj.gov.br e fanpage www.facebook.com/SeeducRJ). Após essa etapa, o candidato deverá comparecer à unidade escolar na qual foi alocado, a fim de confirmar sua matrícula, entre os dias 09/01/2017 a 13/01/2017, tendo em mãos: Carteira de Identidade ou documento que a substitua (Certidão de Nascimento ou Casamento) – Original (será devolvida no ato) e CPF, se possuir; Histórico Escolar ou Declaração da última Unidade Escolar em que estudou, constando a série para a qual o aluno está habilitado, ficando o original na escola; Carteira de Identidade e CPF do responsável legal, no caso de menor de 18 anos, original e cópia; Laudo comprobatório de deficiências declaradas (se for o caso) e Comprovante de residência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + um =