Problemas no armazenamento das vacinas contra a Covid-19

Depois de São Gonçalo e Itaboraí caírem no crivo do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) para garantir qualidade no armazenamento das vacinas contra Covid-19, agora é vez da cidade de Rio Bonito ter que fazer adequações. Após inspeção na semana passada foram recomendadas algumas mudanças que devem ser adotadas para garantir a conservação correta dos insumos.

A vistoria foi realizada pela 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Saúde da Região Metropolitana II após funcionários do MPRJ visitarem, na quinta-feira passada (01/04) alguns pontos de vacinação no município.

De acordo com nota foram constatadas irregularidades em diversas unidades, como vacinas da Covid-19 acondicionadas em caixa de isopor sem termômetro; vacinas em isopor com termômetro, mas onde a responsável afirmou que não controlava a temperatura e não trocava o gelo reciclável utilizado para o resfriamento.

Em apuração…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 5 =