Problemas estruturais no calçadão da Praia de Icaraí

Raquel Morais –

Em fevereiro uma parte do guarda-corpo da Praia das Flechas, na altura do número 67, em Icaraí, cedeu e, de lá para cá, nada foi feito para o reparo. Foram colocadas grades de proteção no local para evitar acidentes com pedestres e ciclistas que passeiam pelo calçadão. Além desse grave problema, outros pontos do extenso calçadão também estão precisando de intervenções, seja no próprio guarda-corpo e no piso.
Na época do acidente, a Prefeitura de Niterói não deu prazo para o reparo, mas a Empresa Municipal de Moradia Urbanização e Saneamento (Emusa) estava planejando uma recuperação do local, independente do Projeto Orla. O programa prevê a mudança da orla de Niterói desde a Ponta da Areia até a praia de Charitas, num total de 12 quilômetros. As obras estão previstas para começar ainda neste semestre.

Em vários trechos do calçadão é possível encontrar problemas devido à ação do tempo, como buracos gerados pela raiz de árvores e outro ponto do guarda-corpo sem proteção na altura da Pedra de Itapuca. Além disso, a ferrugem está corroendo a estrutura metálica e faltam pedras portuguesas em alguns pontos.

A jornalista Camile Siston, de 35 anos, disse que a área isolada no calçadão é perigosa. “Um idoso ou criança podem se machucar com esse guarda-corpo na calçada. Se a área foi isolada ela deveria ser consertada logo. Existem obras que podem esperar um pouco, mas outras são emergenciais e essa é uma delas. Ainda mais esse calçadão, por onde passam milhares de pessoas diariamente e ainda sofre com a ação da maresia”, pontuou.

A maresia também foi alvo de apontamento da dona de casa Fátima Sales, de 51 anos, moradora do Ingá. “Tudo que é de ferro corrói com a maresia. Acho que para solucionar de uma vez deveriam instalar outro material que não fique enferrujado. Pode até ser mais caro, mas é um gasto único”, frisou.

A Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos esclareceu que o projeto de reparo do guarda-corpo está sendo elaborado. Já sobre os casos da ciclovia e das raízes das árvores, equipes da Secretaria irão ao local para averiguação.

PROJETO ORLA
No ano passado, a Prefeitura de Niterói anunciou o projeto, que consiste na construção de decks, mirantes e novo paisagismo. Os trabalhos serão divididos em três frentes, que poderão ocorrer de forma simultânea, mesmo que não sejam iniciadas ao mesmo tempo: do Mercado São Pedro ao Forte Gragoatá, do Forte ao início da Estrada Fróes e na praia de Charitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *