Problemas em São Gonçalo afetam o transporte de moradores

Raquel Morais

“Adeus ano velho, feliz ano novo”. A tradicional música cantada na virada de todos os anos não se aplica para alguns moradores de São Gonçalo, já que entra ano e sai ano e as mudanças estruturais na cidade não acontecem. Na estrada do Engenho do Roçado, que liga a Ipiiba e Santa Izabel, um enorme buraco na rua de lama impede o trânsito no local. Até mesmo os moradores se juntaram para espalhar aterro para tentar nivelar um trecho da rua.

Nas redes sociais o problema foi exposto com muita indignação. Em uma postagem, um gonçalense pediu ajuda do poder público:

“Essa estrada precisa de um olhar urgente da prefeitura de São Gonçalo que agora está com nova gestão, a população espera alguma solução para esse problema que se arrasta por décadas” reclamou.

Outra publicação também chama atenção para o caso.

“Precisamos urgentemente de uma solução para situação da estrada (…) ninguém aguenta mais o esgoto correndo, lama e buracos. O ônibus 08 nos abandonou de vez. Temos que muitas vezes esperar mas de duas horas no ponto de ônibus para poder sai para resolver coisas, isso porque ainda temos 58A Ipiiba, ou engenho do roçado Niterói 571, que são verdadeiros guerreiros por enfrentar tantos buracos e continuam pesando’, desabafou Dalva Machado.

A Prefeitura de São Gonçalo foi questionada sobre o assunto e a Secretaria de Desenvolvimento Urbano de São Gonçalo informou que uma equipe será enviada ao local o mais breve possível para avaliação e resolução do problema. A Cedae também informou que na Estrada Engenho do Roçado não há rede de esgotamento sanitário da concessionária.

O Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Setrerj) não se manifestou sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − sete =