Prisão de criminoso pode resultar na redução dos roubos de veículos

Augusto Aguiar

Uma ação policial, realizada na semana passada, que resultou na prisão de duas pessoas pela Polícia Militar e pela equipe de investigação da 76ª DP (Centro), pode refletir em breve positivamente na estatística de roubos de veículos, um dos principais desafios no combate à violência em Niterói. De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), numa crescente, no mês de janeiro foram registradas 143 ocorrências dessa modalidade de crime na cidade, em fevereiro, 187, em março, 201, e no mais recente levantamento, 233 em abril. As regiões do Centro e Zona Norte foram as que mais sofreram com essa incidência.

Porém, com uma importante prisão efetuada inicialmente pelo 7º Batalhão (São Gonçalo) sinalizou com uma nova e positiva perspectiva. Durante uma perseguição a ocupantes de um veículo, modelo Honda, que começou na Rodovia Niterói-Manilha (BR-101), em Niterói, e terminou no bairro Vila Lage, em São Gonçalo, a PM prendeu Marcos Vinícius de Oliveira Batista, de 20 anos, o Sem Bolso, apontado como líder de uma quadrilha especializada e maior ladrão de carros na Zona Norte de Niterói. Oriundo da comunidade Buraco do Boi, no Barreto, ele foi preso junto a um comparsa, identificado como Werlen Moura Soares, o Dez Centavos, da Travessa Otto, na Engenhoca. A dupla foi presa depois de intensa troca de tiros e da colisão de um HRV roubado. Uma pistola calibre ponto 40 também foi apreendida na ocasião. A ocorrência foi registrada inicialmente na central de flagrantes da 73ª DP (Neves), mas mobilizou a equipe de investigação da 76ª DP (Centro/Niterói), coordenada pelo delegado Gláucio Paz, que já investigava a atuação de Sem Bolso, que teria envolvimento em pelo menos 100 ocorrências de roubos de veículos em Niterói.

Ao ouvirem o depoimento do acusado, os investigadores obtiveram informações que Sem Bolso atuaria de duas formas: a primeira roubando veículos e abandonando-os nas imediações da comunidade do Buraco do Boi, e a segunda atendendo por “encomenda”. Nesse caso, os policiais apuraram que haveria uma oficina, que servia como local de desmanche, para a qual o veículo roubado era encaminhado e as peças usadas em outros carros adquiridos em leilão. No dia 1º os policiais da 76ª DP diligenciaram até o bairro Porto Velho (em São Gonçalo), onde numa oficina mecânica, situada na Rua Dr. Alberto Torres, prenderam em flagrante Nicollas Berlarmino Maturana, de 23 anos. No local foram encontrados e apreendidos três motores de veículos roubados, uma placa de veículo (constando como furto), um para-brisas também de um veículo roubado e diversas latarias, para-choques e faróis de diversos veículos roubados. A polícia interditou a oficina e conduziu Nicollas para 73ª DP, onde foi atuado pelos crimes de receptação e associação criminosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 11 =